THIAGO SILVA

Thiago Silva Defende Chamamento Dos Aprovados No Concurso Do Sistema Penitenciário

Publicado

Política

O deputado estadual Thiago Silva fez um requerimento na Assembleia Legislativa para cobrar o chamamento dos concursados da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos de 2017 que irão atender o sistema penitenciário do estado.
Há 3 anos os aprovados vivem a angústia de ter sido aprovados no concurso e o Estado não ter feito o chamamento e o parlamentar pediu celeridade para o Governo resolver esta pauta. O cadastro reserva possui 1.129 candidatos aprovados, sendo que o governo chamou apenas 20%.
“A segurança pública tem que ser priorizada e o chamamento dos concursados se faz importante para aumentar o número de profissionais à disposição para o atendimento nos presídios de Mato Grosso”, disse Silva.

Prorrogação
Após os aprovados realizarem um ato de protesto em 08/02/20, em frente à obra do Centro de Detenção Provisória de Jovens e Adultos de Várzea Grande, para cobrar a inauguração da unidade, o governo prorrogou por mais dois anos o prazo de validade do concurso para cadastro de reserva de agente penitenciário. A prorrogação foi divulgada no Diário Oficial de 10/02/20.

 

 

 

*FONTE:Politica em foco MT

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Mesmo sem prestígio da população, ex-deputado federal irá disputar eleições

Publicado

Era de se esperar que o ex-deputado federal iria concorrer às eleições municipais, o que mais intriga é que mesmo sem prestígio e nenhum carisma com a população ele (Fábio Garcia), deve arriscar nas eleições.

Fábio Garcia (DEM) foi deputado federal entre os anos de 2015 a 2019 e mesmo na cadeira no Congresso federal não conseguiu nada de benefício para a população cuiabana.

Segundo pesquisas eleitorais o pré-candidato estaria em último lugar atrás até do pré-candidato Dorileo Leal, que nem anunciou sua candidatura.

O “menino da elite” pelo que parece, ainda pensa que o povo cuiabano é desatento, sua atuação pelo estado foi pífia, muito menos pela capital, pelo que se vê sua candidatura pode ser “uma catástrofe”.

 

 

 

*FONTE: Ofatonews

Continue lendo

Política

Ainda em articulação, convenção do DEM deve ficar para dia 15

Publicado

O presidente do DEM de Mato Grosso, Fábio Garcia, disse que a convenção do partido deve ser realizada no dia 14 ou 15 deste mês.

 

O partido ainda não definiu a candidatura à Prefeitura de Cuiabá e o nome mais cogitado até o momento é do próprio Garcia.

 

Para o Senado, o partido segue dividido. O grupo dos antigos, liderados pela Família Campos, decidiu apoiar a candidatura do ex-deputado federal Nilson Leitão (PSDB), enquanto os novatos, sob o comando do governador Mauro Mendes, prefere a liberdade para apoiam quem quiser.

 

Pelo menos o local da convenção estadual definido: Hotel Fazenda Mato Grosso.

 

 

 

*FONTE:site Gazeta Digital

Continue lendo

Política

Volta de conselheiro gera exonerações no TCE; salários chegam até R$ 32 mil

Publicado

A volta do conselheiro Valter Albano ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) – autorizada na última terça-feira (25) após julgamento de um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF) -, tirou o sono de pelo menos 11 servidores comissionados do órgão. Os profissionais, que tinham salário de até R$ 31,8 mil, foram indicados pelo conselheiro interino Moisés Maciel, que ocupou o posto de Albano durante seu afastamento praticamente nos últimos três anos.

De acordo com informações de uma publicação do próprio TCE-MT desta quarta-feira (26), 9 pessoas, indicadas pelo conselheiro interino Moises Maciel, devem “limpar suas mesas”. Os cargos geralmente são ocupados por profissionais escolhidos pelos conselheiros titulares (caso de Valter Albano) – e não pelos membros substitutos ou interinos da Corte de Contas.

Os níveis dos cargos comissionados, cujos ocupantes sofreram a exoneração nesta quarta-feira, tem salários que variam de R$ 31,8 mil (TCDGAJ-2) e R$ 7,6 mil (TCDGAS-4), conforme a tabela salarial dos servidores disponível no portal transparência do TCE-MT. Valter Albano estava afastado da Corte de Contas de Mato Grosso desde setembro de 2017.

Ele é um dos alvos da operação “Malebolge”, do Ministério Público Federal (MPF), e junto a outros quatro conselheiros do órgão teria se beneficiado de uma propina de R$ 53 milhões. A decisão do STF que garantiu seu retorno.

Porém, não se estendeu automaticamente aos demais membros do órgão que continuam afastados – Antônio Joaquim Moraes Rodrigues Neto, José Carlos Novelli, Sergio Ricardo de Almeida e Waldir Júlio Teis. Todos fizeram pedidos individualizados de extensão ao STF para que sejam beneficiados com a mesma decisão.

Até sexta-feira, o STF deve se manifestar sobre os pedidos. Dos 11 exonerados, três já foram readmitidos na mesma publicação do TCE-MT.

 

 

*FONTE: Folha Max

Continue lendo

Política

Polícia

GERAL

Mais Lidas da Semana