conecte-se conosco



Pronto Socorro de Várzea Grande inicia captação de córnea para realização de transplante

Publicado

Várzea Grande

O Hospital e Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande, já está apto para fazer a captação de córneas para o transplante.

Essa é a primeira etapa para que a unidade que é Referência em Saúde em Várzea Grande, segunda maior cidade de Mato Grosso, possa participar do seleto rol de hospitais capacitados para receber ou promover transplantes de qualquer natureza.

“Estamos avançando. Isto que é importante, pois promovemos Saúde Pública através do Sistema Único de Saúde – SUS, sem custo para os pacientes”, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos sinalizando que este é o primeiro de muitos resultados da parceria com o Hospital Alemão Oswaldo Cruz que faz capacitação na maior unidade de saúde do município.

O Banco de Olhos da unidade deu início a atividade no dia 16 de outubro e, o primeiro procedimento foi realizado no dia 1 de novembro. O processo de credenciamento do HPSMVG se deu em função da permissão da diretoria vigente em conceder ao Banco de Olhos de Cuiabá, o trabalho de conscientização de possíveis doadores, bem como a abordagem da família para que autorize a captação de córneas.

A certificação do Hospital Osvaldo Cruz possibilitou o credenciamento dessa atividade, além do Pronto Socorro ter Comissão Intra-hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT).

Há pelos menos seis meses, o Hospital e Pronto Socorro do Município de Várzea Grande vinha buscando junto ao Banco de Olhos de Cuiabá, uma parceria de serviço para que a unidade pudesse realizar esse procedimento no próprio município, uma vez que possui equipe multidisciplinar capacitada para fazer toda a triagem que envolve o sistema de transplante de córnea.

Como explica a enfermeira auditora, Valdineya Leite Duarte, responsável pelo Banco de Olhos do PS, a parceria foi firmada em outubro e em novembro foi feita a primeira captação de córneas. “Esse procedimento realizado no Pronto Socorro de Várzea Grande é considerado um avanço e abre perspectivas para a captação não só de córneas, mas futuramente de todo o globo ocular. Abre também expectativas da unidade hospitalar em fazer a retirada de outros órgãos para transplante”, projetou.

“É um passo enorme que estamos dando, pois neste primeiro momento só faremos a captação de córnea e futuramente de outros órgãos, para depois, com a especialização, como equipamentos modernos e outros avanços podermos fazer o procedimento completo do transplante e oferecer mais este serviço para os pacientes do SUS”, disse Nei Provenzano, Diretor-Geral do HPSMVG.

A enfermeira reafirmou ainda que para que a doação de córneas seja efetivada é preciso que haja a confirmação do óbito e principalmente, a devida autorização da família. “É um processo doloroso, uma vez que a abordagem tem de ser feita para o parente de primeiro grau, e com tempo hábil para que todo o processo seja realizado dentro dos padrões determinados, na captação e no transporte do órgão. Após essas formalidades são realizados todos os exames que definirão se o órgão está em condições de ser transplantado. Todas as etapas são devidamente documentadas para que não ocorram imprevistos. Todas essas atividades precisam estar bem alinhadas com as demais unidades do país, a fim de que essa meta seja alcançada, a de possibilitar que cada vez mais pessoas possam ser beneficiadas com os serviços de transplante”.

Para a captação da córnea, terá que ser respeitado o prazo de até 6 horas após o falecimento, para a retirada em casos de óbito normal. Já para os encaminhados para o Instituto Médico Legal – IML, desde que mantido sob refrigeração, este prazo pode ser de até 12 horas para a retirada, bastando comunicar o Banco de Olhos para providenciar a remoção do cadáver e promover a retirada.

“Tenho sempre pautado a busca pela saúde plena e humanizada para atender a todos que necessitam do Poder Público como suporte para uma área tão importante como essa”, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos.

 

Fonte: 24 Hors News

0 0 vote
Article Rating
Clique para comentar
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Várzea Grande

SÓ EM VG!

Publicado

Aconteceu hoje quase uma barbaridade em Várzea Grande, a PM quase prendeu um empresário querendo fechar o seu comércio de alimentos classificado como supermercado. O mal-entendido ocorreu por conta do decreto municipal que contrariou inclusive o decreto federal adotado e um policial agindo ao pé da letra do documento partiu para o enfrentamento cumprindo o que foi decretado pela Prefeita Lucimar. Porém em tempo, esse imbróglio foi resolvido. Pronto, falei.

0 0 vote
Article Rating
Continue lendo

Várzea Grande

Controladoria de VG ultrapassa meta do PDI e mostra resolutividade

Publicado

A Controladoria Geral do Município conseguiu ao longo deste ano, manter o controle interno dos órgãos municipais, além de dar cumprimento às ações deferidas pelo Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE), no que tange as medidas de controle de gastos públicos e a transparência na aplicação dos recursos, sem perder o foco na prevenção e combate à corrupção, bem como na promoção da ética do serviço público, da transparência e dos princípios constitucionais da administração municipal.

 

Essa melhora no desempenho foi percebida pelo Tribunal de Contas do Estado – TCE – , que no julgamento das contas do Governo da prefeita Lucimar Sacre de Campos no ano de 2018, apontou melhora no desempenho administrativo e financeiro, o que permitiu a ampliação nos investimentos em todos os setores, em especial as secretarias de Saúde, Educação e Obras.

Na saúde, por exemplo, a inauguração das novas instalações do Centro de Abastecimento e Distribuição de Insumos e Medicamentos – Cadim – resultou na transparência, eficiência e resultado na política de atendimento para os pacientes do Sistema Único de Saúde – SUS. Além disso, a qualificação técnica dos servidores da Prefeitura, e o acompanhamento criterioso do órgão de fiscalização foram essenciais para o município atingir essa boa avaliação.

 

De acordo com o relatório de atividades, a Controladoria Geral do Município realizou nestes 12 meses, 28 auditorias; solicitou 7 ordens de serviço interna e externa; realizou 14 orientações técnicas; aplicou 3 notificações; confeccionou 6 pareceres técnico (ato pessoal), 27 de parecer técnico de secretarias municipais e 4 de parecer conclusivo de gestão municipal; 238 processos de cumprimentos solicitados pelo TCE; 654 providências relativas a gestão municipal, acompanhamentos e monitoramentos técnicos; 77 defesa de agente público municipal e 3 normativas.

 

Além dessas atividades, servidores da pasta participaram de 7 cursos de capacitação, para aprimoramento das funções que são essenciais na execução dos trabalhos e que são de competência da pasta, o que resultou no planejamento adequado de todas as atividades desenvolvidas no decorrer do ano.

 

Para o Controlador Geral do Município, Kleber Ferreira Ribeiro, o trabalho desenvolvido pela pasta vai muito além do papel de fiscalizar os atos administrativos da gestão municipal como um todo, mas o de servir também como ferramenta de apoio as demais secretarias, e o de garantir a população o livre acesso à informação, por meio do Portal Transparência, que se efetivou como meio de comunicação entre o cidadão e a administração pública municipal.

 

“A Ouvidoria Cidadã tem sido a interlocutora da população que busca atendimento e que espera por uma resposta positiva. Todas as demandas que chegam até a nós são computadas e encaminhadas às secretarias de origem para que estas possam fazer o atendimento de imediato, ou havendo a necessidade estabelecer um prazo para a execução da ação, ou de uma questão eminente”, informou o controlador.

 

Kleber Ferreira disse ainda que a Ouvidoria Cidadã contribuiu de forma positiva para a disseminação da cultura da transparência. “O Sistema implantado em Várzea Grande é interligado com o Ministério da Transparência e Controladoria Geral da União – e – UOV, e a responsabilidade em atender as demandas da população é ainda maior, uma vez que a Prefeitura Municipal de Várzea Grande também é avaliada pelo órgão competente. Todas as determinações contidas no Termo de Ajustamento de Gestão firmado com o TCE para a adequação do Portal de Transparência, em conformidade com a Lei de Acesso a Informação, foram cumpridas”, explicou.

 

De acordo com a projeção estabelecida pelo Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), o município deveria atingir até o mês de dezembro 92.49% de resolutividade das demandas, porém antes mesmo desse prazo a Administração Municipal registrou 95,70%, três pontos percentuais a mais do que foi projetado para este ano.

 

“Os resultados acima provam que o município está cumprindo com os acórdãos estabelecidos pelo TCE-MT, confirmando efeitos positivos em relação às solicitações demandadas pelos cidadãos várzea-grandenses junto ao poder público municipal”, pontuou Kleber Ferreira.

 

Fonte: Gazeta Digital

0 0 vote
Article Rating
Continue lendo

Várzea Grande

Prefeita sanciona lei que recomenda companhias aéreas a citarem chegada de voos em Várzea Grande e não em Cuiabá

Publicado

A lei que recomenda as companhias aéreas a mencionarem durante os voos que a chegada, no Aeroporto Marechal Rondon, é em Várzea Grande, região metropolitana, e não em Cuiabá, como acontece atualmente, foi sancionada pela prefeita Lucimar Campos (DEM), na semana passada.

A lei prevê que, após o pouso, o comandante diga a seguinte frase: “Senhoras e senhores sejam bem-vindos a Várzea Grande (…) Por medidas de segurança mantenham-se sentados até que o aviso para desatar os cintos seja desligado”.

Rogério França (PV) diz que menção a Cuiabá como destino é enganosa — Foto: DivulgaçãoRogério França (PV) diz que menção a Cuiabá como destino é enganosa — Foto: Divulgação

Rogério França (PV) diz que menção a Cuiabá como destino é enganosa — Foto: Divulgação

O projeto, de autoria do vereador Rogério França Martins (PV), já havia sido aprovado pela Câmara de Vereadores em novembro de 2019.

O objetivo, conforme o projeto, “é manter a identidade do município de Várzea Grande aos que aqui chegam ou passam”. Além disso, ressalta que a citação da forma como é feita hoje é enganosa.

A justificativa apresentada pelo autor do projeto cita que há vários anos existe uma discussão no município sobre o motivo pelo qual, quando uma aeronave comercial de passageiros pousa no Aeroporto Marechal Rondon, o comandante anuncia que o destino é a cidade de Cuiabá.

Fonte: G1

0 0 vote
Article Rating
Continue lendo

Política

Polícia

GERAL

Mais Lidas da Semana





0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x