Cuiabá

Prefeito reforça diálogo e visita sede do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público

Publicados

em


Jorge Pinho

Clique para ampliar

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, visitou na manhã desta segunda-feira (22) a sede do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público – Subsede de Cuiabá. Acompanhado do vice-prefeito Roberto Stopa e da secretária de Educação, Edilene de Souza Machado, Emanuel Pinheiro foi espontâneamente à sede do sindicato para conversar com os dirigentes sindicais e tratar sobre os encaminhamentos de algumas pautas importantes para a categoria.

“Estou aqui, na casa dos profissionais da Educação, para demonstrar primeiramente o nosso respeito pela categoria e a nossa prioridade com a educação pública municipal. Toda e qualquer ação em defesa dos servidores públicos e dos funcionários da Educação não é despesa, não é gasto, é investimento. E, o nosso respeito ao Sintep e ao trabalho da atual gestão. Juntos, com esse diálogo, construindo essa ponte, estamos avançando, podemos avançar e vamos avançar muito mais nas pautas que tratamos aqui e em outras que visem fazer de Cuiabá, da nossa Capital, da nossa rede pública municipal de Ensino um case de sucesso e uma referência nacional”, destacou o prefeito  Emanuel Pinheiro

Durante a reunião foram tratados encaminhamentos em relação à adequação da Lei Orgânica dos Profissionais da Educação, Gestão Democrática, que hoje está sendo discutida por uma comissão formada por representantes do sindicato e da Secretaria de Educação; pagamento da Recomposição Geral Anual (RGA) 2020 e do Ganho Real, as preocupações em relação ao retorno seguro das aulas de forma híbrida e a pandemia.

Em relação a essas questões o prefeito Emanuel Pinheiro disse que a gestão está realizando consultas junto aos órgãos de controle e organizando o caixa no sentido de atender as demandas.

“Estamos iniciando mais um período de quatro anos e, este ano, nosso objetivo é priorizar ainda mais o servidor público, o profissional da Educação, consolidando as conquistas já obtidas e avançando cada vez mais na valorização dos profissionais”, disse prefeito Emanuel Pinheiro.

A pandemia provocada pelo coronavirus também foi tratada durante a reunião diante da expectativa de que as aulas aconteçam de forma híbrida a partir de 1º de abril, na rede pública municipal de educação. O prefeito Emanuel Pinheiro falou sobre as suas preocupações e o monitoramento rigoroso que vem sendo feito pela Comissão Municipal de Enfrentamento a Pandemia, para que todas as decisões tomadas pela gestão sejam baseadas em dados científicos e de acordo com as orientações das autoridades de Saúde e da Vigilância Sanitária, em obediência aos protocolos de prevenção, controle e biossegurança.

O vice-prefeito, Roberto Estopa destacou a importância da iniciativa do  prefeito Emanuel Pinheiro, de manter conversas com as lideranças sindicais já desde o início do segundo mandato. “Essa é a gestão que irá fazer todo o possível para avançar e consolidar os avanços que já estamos vivendo na Educação. Uma gestão que valoriza o ser humano e o servidor público”, ressaltou.

Para o presidente do Sintep-Cuiabá, João Custódio a reunião foi positiva. “A nossa categoria tem algumas demandas que precisavam ser discutidas e, para nossa surpresa, o prefeito tomou a iniciativa e optou por nos fazer essa visita. Hoje nos alongamos nas discussões em torno da Lei Orgânica que com sua aprovação vai impactar positivamente todos os profissionais da Educação, a curto, médio e longo prazos. Temos o aval do prefeito no sentido de atender aquilo que pontuamos e, isso é extremamente positivo”, ressaltou o sindicalista.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cuiabá

Cuiabá transfere para abril evento com a presença de Michele Bolsonaro e secretária nacional da Mulher

Publicados

em


Vicente Aquino

Clique para ampliar

Mediante a preocupação com o contágio do novo coronavírus, a primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, e a secretária da Mulher, Luciana Zamproni, transferiram para o mês de abril a agenda de 11 de março, que teria como convidada a secretária nacional de Mulheres, do Ministério dos Direitos Humanos, Cristiane Britto e da primeira-dama Michelle Bolsonaro.  A atividade integraria as atividades do ‘Março Mulher’.

Segundo Márcia Pinheiro, o momento é de cuidado com os cuiabanos e por isso a decisão. Ela reforça que optou pela mudança, atendendo as medidas emergenciais de biossegurança estabelecidas por meio de decreto.

“Teremos outras oportunidades, certamente. Nesse momento, teremos cautela pois sabemos que pode ocorrer uma grande aglomeração de pessoas e da imprensa tendo em vista a importância e o trabalho que elas desenvolvem no Brasil afirma.

De acordo com a secretária da Mulher,  Luciana, algumas datas da programação foram alteradas, porém as capacitações e o lançamento da roda de conversa “AutoAmor” foram mantidas, seguindo todas as medidas de biossegurança, com o total de 50 pessoas, uso de máscara e distanciamento. Ela pondera que boa parte da programação organizada para 2021 foi pensada no formato digital.

“Tivemos que fazer uma readequação em alguns eventos, como o lançamento do programa “Mulheres que mudam Cuiabá”, onde iriamos homenagear cerca de 140 mulheres garis, 20 mulheres motoristas de ônibus, além de profissionais que trabalharam por Cuiabá neste tempo de pandemia. Realizaríamos também também o Pedal rosa, entrega de flores, mas optamos em transferir estas datas para o final do mês e não cancelar os eventos que já tínhamos programado desde o ano passado”, explica.

Zamproni destaca que neste mês, a pasta irá participar por videoconferência de uma mesa redonda que discutirá políticas públicas, igualdade de gênero e empreendedorismo feminino, tendo a  presença da Ministra de Estado da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damaris Alves. O evento é uma promoção da Fatec-Senai de Mato Grosso em parceria com Organização Internacional do Trabalho (OIT) e da ONU Mulheres.

A atividade terá como pauta a Lei Maria da Penha, os tipos de violência, medidas de proteção que podem ser adotadas o atendimento à mulher.

Continue lendo

Cuiabá

Veja como fica o funcionamento na Secretaria de Saúde após medidas de reforço na biossegurança

Publicados

em


Marcos Vefgueiro

Clique para ampliar

A Secretaria Municipal de Saúde informa que, visando seguir os decretos que impõem medidas mais restritivas para conter o avanço do novo coronavírus, irá manter o sistema de revezamento entre os trabalhadores que atuam na sede da pasta (o que já vem ocorrendo desde o mês de fevereiro). Dessa forma, a cada dia, metade dos servidores trabalham no local e metade trabalham de casa, de maneira remota. 

Além disso, também segue mantida a suspensão do atendimento presencial ao público, para que o mínimo de pessoas circule pelo prédio. Os atendimentos seguem pelos telefones de cada setor, das 8h à 12h e das 14h às 18, de segunda a sexta-feira. 

Para evitar a proliferação do coronavírus, desde o início da pandemia, a Secretaria Municipal de Saúde dispõe de totem com álcool 70% na sua recepção, uso obrigatório de máscaras e desinfecção que é realizada todas as quartas-feiras, no final da tarde. 

Apesar do Decreto Estadual nº 836, que prevê medidas temporárias para contenção da contaminação com a covid-19, valer até o próximo dia 21, o atendimento nas unidades básicas de saúde funcionarão normalmente, das 7h às 11h e das 13h às 17h de segunda a sexta-feira. Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s) e Policlínicas também seguirão funcionando 24 horas por dia. Nos hospitais da rede municipal – HMC, São Benedito e Hospital Referência à Covid-19 – o atendimento também não será afetado pelo decreto, por se tratarem de serviços essenciais. No entanto, os procedimentos eletivos estarão suspensos em toda a rede até 21 de março, conforme o artigo 20 do Decreto municipal nº 8.340, de 2 de março de 2021. 

Continue lendo

Cuiabá

“Na Xá Cara”: Tocandira Trio Fusion inova ao “temperar” jazz com rasqueado

Publicados

em


Em processo de gravação, o disco “Na Xá Cara” mistura jazz, rock e funk music ao tradicional rasqueado Cuiabá. Fruto do trabalho da banda Tocandira Trio Fusion, o álbum foi contemplado em edital da Lei Federal Aldir Blanc em Cuiabá, executado pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e com apoio do Conselho Municipal de Política Cultural.

O guitarrista Danilo Bareiro não imaginava que o grupo chegaria a um resultado tão surpreendente. “O edital surgiu como uma oportunidade de gravar um novo disco e para nossa surpresa, à medida que íamos compondo, foram surgindo músicas com uma complexidade incrível”, diz.

Segundo ele o som inusitado veio da somatória de influências musicais de cada integrante. “O rock, está na minha essência, assim como o jazz tradicional, à do baixista Wellinton Berê. E além do funk, que gostamos muito, Éder, inova ao aplicar suas pesquisas baseadas na vivência do rasqueado. Ele está tocando com pedal duplo, uma leva tão pesada que se aproxima muito do heavy metal”.

A partir daí as faixas, com nomes singulares, surgiram em ritmo frenético. “É o disco das nossas vidas. Nos entregamos e entramos em um processo imersivo que nunca experimentamos. Houve uma ocasião em que ficamos compondo por 24 horas”.

Foi assim que surgiu, por exemplo, a “Lamflex”. “Lembra muito a pegada do Red Hot Chilli Peppers com lambadão. Sim, é isso mesmo. E outra, que resulta da fusão entre o rasqueado e o jazz, virou a ‘Jazz queira ou não”, conta.

O disco, gravado no Nômade Estúdio, sai em março segundo planejamento da banda. E todas as sete faixas previstas, serão pautadas por essa combinação de arranjos que mesclam a música contemporânea mundial com elementos da cultura regional. 

O projeto prevê ainda a realização de três lives no Instagram dos músicos. A iniciativa permitirá ao público comungar do processo produtivo, das composições, arranjos e músicas. E para ampliar o acesso ao novo trabalho, o Tocandira disponibilizará o álbum em plataformas digitais, como YouTube, Spotfy e Deezer. 

O edital da Aldir Blanc em Cuiabá é realizado pela Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo, com apoio do Conselho Municipal de Política Cultural. A produção executiva do projeto tem a assinatura de Vicente de Albuquerque Maranhão, da Vendetta Produções.   

O grupo

O “Tocandira Trio Fusion”, fundado em 2005, é fruto do trabalho de Danilo, Wellington e Éder. Os três são reconhecidos por serem músicos muito versáteis. O primeiro disco gravado pelo Tocandira data 2010, intitulado “Amarelo Pequi”. 

“Essa oportunidade, de ser selecionado pelo edital, foi muito importante para gente. Afinal, as apresentações que costumamos fazer rotineiramente tiveram de ser interrompidas com o avanço da pandemia”, declara Danilo.

Serviço

Tocandira Trio Fusion – “Na Xá Cara”

Status: em gravação

Previsão de lançamento: março

**com informações da assessoria

Continue lendo

Política

Polícia

GERAL

Mais Lidas da Semana