conecte-se conosco



Chapada dos Guimarães

Prefeita de Chapada dos Guimarães recebeu alta nesta terça-feira (12)

Publicado

Após passar uma semana internada, a prefeita de Chapada dos Guimarães, Thelma de Oliveira (PSDB) recebeu alta nesta terça-feira (12).

 

Na última terça-feira (5), ela passou mal e foi levada à pressas para o hospital.

 

Nesta segunda-feira (11), com autorização médica, ela se reuniu com a equipe da prefeitura. A assessoria divulgou uma foto em que ela aparece, tomando medicação, junto com representantes das secretarias de administração e finanças e da assessoria jurídica e de gabinete.

 

Thelma está se recuperando de um cateterismo – procedimento cirúrgico – realizado na semana passada para conter um coágulo no braço esquerdo. Segundo a assessoria, Thelma não tirou licença do cargo.

 

Da redação

(informações G1)

Leia mais:  Sem adiantar recesso, prefeita de Chapada demite 40% dos contratados
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
Foto e arquivos de imagem
 
 
 
Arquivos de Áudio e Vídeo
 
 
 
Outros tipos de arquivos
 
 
 
  Se inscrever  
Notificação de

Chapada dos Guimarães

População pede água

Publicado

Nesta quarta-feira (11) os vereadores Carlos Eduardo Lima Oliveira, o Carlinhos do PT e Benedito Edmilson de Freitas Filho, o Bozó (MDB),  da Câmara Municipal de Chapada dos Guimarães, falaram para O Factual, sobre as buscas por saídas da crise política e administrativa que acontece no município vizinho.

Descompassos da administração municipal que mantém a Chapada em constantes desordem que culminaram na recente instalação de CPI para apurar a persistente irregularidade no abastecimento de água a população desde o dia 14 de outubro, onde a estação inaugurada recentemente começou a dar problemas e duas bombas queimaram.

A CPI irá apontar os motivos do orçamento inicial que seria de R$ 4 mi, ter finalizado em aproximadamente R$ 20 mi. Uma vez que duas bombas queimaram e o SAAE teve que desembolsar R$ 76 mil para arrumar um objeto que supostamente está na garantia também será investigado.

O presidente da CPI, Benedito Edmilson diz que responsáveis devem ser apontados. “Ninguém se responsabilizou pelos problemas, algo está errado. Queremos saber o que aconteceu, se houve erro no projeto. Esperamos chegar nos responsáveis por este descaso, os munícipes não podem sofrer com esse problema”.

Leia mais:  Thelma reconhece “momentos difíceis”, mas admite ir à reeleição

“Todos independente de posicionamento, querem saber a resposta. É inadmissível, a população está sofrendo muito, temos que apontar os responsáveis e fazer com que cumpram sua parte.” Ponderou o presidente da Câmara de Chapada.

Os vereadores ainda relataram negligencia por parte da prefeita Thelma de Oliveira, por não manter um diálogo aberto nas tomadas de decisões com os parlamentares da Câmara.

Continue lendo

Chapada dos Guimarães

Thelma reconhece “momentos difíceis”, mas admite ir à reeleição

Publicado

Prestes a entrar no último ano de sua gestão, a prefeita de Chapada dos Guimarães, Thelma de Oliveira (PSDB), disse que já conseguiu fazer uma série de mudanças estruturais no Município. Entre as mais importantes, disse ter acabado com o “clientelismo” e “familiocracia”, que, para ela, atrasavam a cidade.

 

Em conversa com o MidiaNews, Thelma admitiu ir à reeleição e disse que Chapada não pode “retroceder”. Mas afirmou que a sigla tem outros nomes que podem dar continuidade a seu mandato.

 

“Se tiver dentro do partido alguém que possa dar continuidade, não seria problema. A grande luta, hoje, é que a Prefeitura não retroceda em todos os avanços que tivemos até agora. Acabamos com clientelismo, com a coisa patriarcal, a familiocracia. Parar com isso, porque só assim vamos desenvolver”, disse.

 

Ainda na entrevista, a prefeita negou que Chapada continue com problemas de abastecimento de água e disse estar adotando uma série de medidas para superar a crise financeira do Executivo, por conta da queda dos repasses dos governos Estadual e Federal.

Leia mais:  População pede água

 

Fonte: Mídia News

Continue lendo

Chapada dos Guimarães

Sem adiantar recesso, prefeita de Chapada demite 40% dos contratados

Publicado

Depois de ter o adiantamento do recesso de final de ano derrubado pela Câmara de Vereadores, a prefeita de Chapada dos Guimarães (67 km ao norte de Cuiabá), Thelma de Oliveira (PSDB), anunciou a demissão de, pelo menos, 40% dos servidores contratados para contenção de despesa.

 

Segundo o decreto 73/2019, publicado no Diário dos Municípios de terça-feira (3), por causa da “necessidade de implementar política de contenção de despesas correntes” e tendo em vista que o primeiro decreto com corte de gastos não foi suficiente “para alcançar o equilíbrio fiscal e redução das despesas”, as demissões serão necessárias.

 

A prefeita determinou a rescisão de pelo menos 40% dos contratos de servidores temporários até quinta-feira (5). Cada secretaria deve apresentar em 24 horas uma lista com esses servidores.

 

Mesmo na educação serão feitos cortes, sendo recomendado pelo Executivo a manutenção de “uma quantidade mínima de servidores”, o que significa que nessa pasta as demissões não chegarão a 40% do efetivo. Mas, após o final do ano letivo, até os servidores contratados da educação serão exonerados.

Leia mais:  Pontos turísticos são reabertos após queimadas no Parque de Chapada dos Guimarães (MT)

Fonte: Gazeta Digital

Continue lendo

Política MT

Polícia

Mato Grosso

Política Nacional

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana