GOLPE DO CARTÃO

PM de MT alerta população sobre “golpe das panelas”

Publicado

Polícia

Arte/ CCSMI-PMMT

A Polícia Militar, por meio da Diretoria da Agência Central de Inteligência (Daci) alerta a população para à atuação de pessoas mal-intencionadas, que se passam por vendedores de panelas e utensílios domésticos em domicílio.

Os vendedores que aceitam o pagamento apenas no cartão, copiam os dados bancários das vítimas em uma outra máquina e descontam duas vezes o valor da compra.

De acordo com o setor de inteligência da PM, a ação criminosa é chamada de “golpe das panelas” e velha conhecida da polícia, a atuação da quadrilha que circula em vias públicas em um carro oferecendo os produtos foi registrada no ano de 2017, em Mato Grosso e outros estados.

Este ano, os policiais já identificaram novas vítimas do golpe no estado vizinho de Rondônia. Os golpistas dizem que vendem panelas alemãs, facas e outros utensílios. Uma das vítimas que comprou os produtos da quadrilha chegou a pagar por duas vezes o valor de R$ 2.300,00 e teve os dados dos cartões clonados.

Para evitar que entrem em Mato Grosso, a PM faz o alerta a população e em um trabalho minucioso, os policiais militares de inteligência já estão identificando possíveis integrantes da quadrilha de golpistas.

O Diretor da Agência Central de Inteligência da PM, tenente-coronel Fabio de Souza Andrade explica que os golpistas se disfarçam de vendedores de utensílios domésticos, principalmente de panelas falsificadas.

“Esses indivíduos vão de casa em casa, oferecem panelas e utensílios domésticos aos clientes, que ao se interessar, eles alegam poder vender apenas no cartão. Eles também abordam as vítimas em portas de supermercados, shoppings, são bons de conversa, falam que as panelas são de origem alemã. Quando o cliente decide comprar o produto, o falso vendedor simula uma falha na transação do cartão, diz caiu o sinal e utiliza uma outra máquina de cartão; esse equipamento cópia ,em seguida transfere os dados da vítima para outro cartão e a vítima é cobrada por duas vezes pela única compra”, informa o diretor.

Ao fazer uma compra, a PM orienta à população para não fornecer dados pessoais a terceiros. O cliente deve ficar atento quando for usar o cartão, se caso efetuar a compra, peça o comprovante e verifique se tudo está correto. Qualquer ação suspeita do vendedor, exija o cancelamento da transação do cartão, acione a Polícia Militar por meio do 190 ou pelo disque denúncia 0800-653939.

PMMT

 

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Dois homens são encontrados mortos, amarrados e com marcas de tiros de 380

Publicado

Dois homens foram encontrados mortos, na manhã desta quinta-feira (17), na região do Coxipó do Ouro, em Cuiabá. As vítimas estavam amarradas uma na outra, com marcas de tiros pelo corpo. Ao menos 9 cápsulas de calibre 380 foram encontradas ao lado do corpo.

 

As informações são preliminares, já que a ocorrência está em andamento. Populares que encontraram os corpos acionaram os policiais, que fizeram o isolamento da área.

Por enquanto não há confirmação da identidade das vítimas. Mas, no local perícia já recolheu cápsulas deflagradas de calibre 380. Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi acionada e investigadores vão instaurar um inquérito para investigar o crime.

 

 

*FONTE:Gazeta Digital

Continue lendo

Polícia

Irmãs são presas por planejarem a morte do pai e da amante dele em MT

Publicado

A Polícia Militar prendeu duas irmãs, de 43 e 32 anos, suspeitas de planejarem o assassinato do pai, na noite de segunda- feira (14), no Conjunto São José, em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá. As suspeitas se desentenderam após um delas ameaçar pagar alguém para matar o próprio pai.

Por volta das 23h30, uma equipe da PM foi acionada por uma das suseitas, que alegou que havia sido agredida pela irmã que estava na casa da família. Os policiais foram até o local e a suspeita relatou que se desentendeu e as duas foram às vias de fato porque a irmã teria ido ao banco sacar R$ 2 mil para pagar uma pessoa para matar seu próprio pai e a amante dele.

Foi verificado que as suspeitas apresentavam lesões nos dedos e ferimentos na região da cabeça ocasionadas durante a briga. Com uma das irmãs, a PM encontrou a quantia de R$ 1,7 mil.

Diante da situação, os policiais conduziram as duas mulheres para a delegacia por crime de vias de fato. O caso foi repassado à Polícia Judiciária Civil.

*FONTE:G1

Continue lendo

Polícia

Irmãos são assassinados por atiradores no pátio de empresa no interior

Publicado

Os irmãos João Ricardo Nicolau, 48, e Sérgio Bonifácio Nicolau, 45, foram assassinados no começo da noite de domingo (13), no pátio da empresa de guincho que um deles era dono, na cidade de Nova Mutum (264 km ao Norte de Cuiabá), por dois homens armados que chegaram em uma moto. Duas testemunhas também foram alvos dos tiros, mas conseguiram fugir sem nenhum ferimento.

 

De acordo com as informações, Polícia Militar foi acionada por volta das 18h30, logo após o crime e já encontrou as vítimas feridas no pátio da empresa. Nicolau já não apresentava sinais vitais. Já Sérgio estava com um tiro próximo da cabeça, com sinais vitais.

Corpo de Bombeiros foi acionado e socorreu a vítima, que foi encaminhada para uma unidade de saúde. No local, havia vários projéteis de arma de fogo calibre 380.

 

Testemunha informou que estava no pátio da empresa quando dois homens em uma moto se aproximaram, entraram no local e sem falar nada, um deles sacou uma arma de fogo. Em seguida, dispararam vários tiros contra as vítimas.

 

Eles atiraram contra as testemunhas, uma delas se jogou em solo e a outra correu. Os suspeitos fugiram por rumo ignorado e não foram mais encontrados.

 

Durante o registro da ocorrência, Polícia foi informada que na madrugada de segunda-feira (14), Sérgio não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo no hospital. Polícia Civil foi acionada e está investigando o crime. Imagens das câmeras de segurança da empresa serão usadas para identificar os criminosos.

 

 

 

*FONTE: Gazeta Digital

Continue lendo

Política

Polícia

GERAL

Mais Lidas da Semana