conecte-se conosco



OPERAÇÃO ECDISONA

PF invade escritório de contabilidade que teria dado prejuízo de R$ 12 milhões

Publicado

Polícia

Assessoria PFMT

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (23), a Operação Ecdisona, visando reprimir organização criminosa dedicada à prática de crimes tributários e empresariais, falsidades ideológicas, fraude a credores, estelionato, organização criminosa e lavagem de capitais.

30 policiais cumprem dez mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva em Barra do Garças/MT. As ordens foram expedidas pela Justiça Federal do município.

As investigações apontam que os suspeitos vinham realizando operações fraudulentas em empresas da região com grandes dívidas tributárias e previdenciárias, aliciando empresários que se beneficiam de forma ilícita ao frustrarem o pagamento de obrigações.

A fraude operada consiste na prática de alterações societárias fictícias e concomitante sucessões societárias fraudulentas, sempre com uso de “laranjas” (pessoas que “emprestam” os nomes para ocultar a identificação de outras pessoas). Assim, estes indivíduos tornavam-se sócios proprietários das empresas inadimplentes, procedendo alterações de dados e espécie empresarial, sempre com informações inverídicas.

Enquanto isso, novas sociedades empresariais eram constituídas pelos verdadeiros empresários, muitas vezes no mesmo endereço das empresas. O esquema permitia a continuação da exploração de atividade econômica desonerada de qualquer dívida inscrita.

Por meio de sucessões e alterações fictícias de regimes empresariais, bem como constituição de novos CNPJs, os empresários conseguiam desonerar-se de forma criminosa de diversas dívidas, entre elas, as tributárias e previdenciárias.

Para ilustração, uma das empresas investigadas possuía dívidas ativas com a União na ordem de R$ 5 milhões. Ao mesmo tempo, as antigas empresas (inadimplentes) eram deixadas nas mãos dos “laranjas” (alguns dedicados ao crime de tráfico de drogas), que não possuíam qualquer capacidade financeira para serem alcançados em futuros processos de execução, concretizando o “estouro de empresas”.

As investigações da Polícia Federal em Barra do Garças prosseguirão com ações previstas para os próximos dias.

* O nome da operação é uma referência ao hormônio responsável pela “ecdise”, processo de troca de exoesqueleto (troca de pele) de alguns animais como as cobras. De forma análoga a estes animais, as empresas beneficiadas pelo esquema criminoso, antes endividadas, realizaram alterações empresariais que permitiram continuar suas atividades sob nova roupagem, livre de dívidas.

5 1 vote
Article Rating
Clique para comentar
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Polícia

PM presencia assalto, dois criminosos reagem e são mortos em confronto

Publicado

Divulgação

Policiais militares de Peixoto de Azevedo (a 691 km de Cuiabá) –  Núcleo de União do Norte – identificaram nesta quinta-feira (02.07), os dois suspeitos de roubo que revidaram a abordagem e vieram a óbito.

Conforme o boletim de ocorrência, a informação descrevia que três homens encapuzados estariam assaltando uma lanchonete com extrema violência.

Durante a ação criminosa, um policial militar de folga viu a situação e se identificou “Polícia – mãos na cabeça – abaixem as armas”.

Ordem não obedecida. Um dos suspeitos com um revólver calibre 38 mirou na direção do policial, que reagiu e acertou o criminoso.

Um segundo suspeito imobilizou um dos clientes colocando um facão em seu pescoço.

O policial revidou acertando o ladrão com dois disparos.

Nesse momento, o terceiro criminoso correu e não foi localizado. Os dois suspeitos morreram no local.

As vítimas contaram aos policiais que os assaltantes chegaram repentinamente e anunciaram o roubo, sendo um deles mais agressivo.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939.

Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes.

Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

0 0 vote
Article Rating
Continue lendo

Polícia

Federais apreendem 327 kg de cocaína entre MT e GO

Publicado

Policiais federais de Barra do Garças/MT apreenderam 327 kg de pasta base de cocaína na madrugada desta quarta-feira (1/7) em Jussara/GO.

A ação é resultado do trabalho conjunto com a FICCO-Uberaba (composta pela PF, PRF e PC/MG), Gise/MT e PM/GO/COD.

Na ocasião, três homens foram presos em flagrante. Os suspeitos responderão pelo cometimento dos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e uso de rádio transmissor sem autorização legal.

0 0 vote
Article Rating
Continue lendo

Polícia

PF deflagra operação contra extração ilegal de ouro em MT

Publicado

Divulgação

A Polícia Federal em deflagrou na última quarta-feira (1/7) a Operação Solea, com o objetivo de combater crimes ambientais de extração ilegal de ouro no norte de Mato Grosso.

A operação abrangeu uma área aproximada de 450 hectares no município de Novo Mundo/MT, na região do encontro dos rios Braço Norte e Peixoto de Azevedo.

A ação contou com a parceria de fiscais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e com o apoio aéreo do Exército Brasileiro (Operação Verde Brasil 2).

O trabalho policial apontou quatro frentes de lavra de grandes dimensões em meio à floresta nativa.

Máquinas de grande porte eram utilizadas na extração, sendo elas cinco escavadeiras hidráulicas tipo PC e quatro tratores de esteira.

A PF ainda constatou danos ambientais graves como o desmatamento e degradação de Áreas de Preservação Permanente (APP).

Igarapés e nascentes eram destruídos, além do uso não autorizado de mercúrio na depuração do ouro.

As equipes policiais foram desdobradas em campo, conseguindo identificar os responsáveis pelos delitos. Prisões em flagrante foram realizadas e perícias efetuadas para quantificar os danos ambientais.

O Ibama autuou os responsáveis pelas infrações, apreendendo o maquinário utilizado nos delitos, entre eles, vários conjuntos de motobomba e milhares de litros de óleo diesel.

As máquinas apreendidas foram deixadas à disposição de prefeituras da região para uso em benefício das comunidades locais.

O maquinário será utilizado em apoio às atividades de melhoria da infraestrutura desses municípios.

0 0 vote
Article Rating
Continue lendo

Política

Polícia

GERAL

Mais Lidas da Semana





0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x