fbpx

Várzea Grande

Oficina capacita “Amigas Empreendedoras” para produção de chocolate

Publicados

em

Com a proximidade da comemoração da Páscoa, a Secretaria de Assistência Social, por meio do projeto social “Amigas Empreendedoras”, iniciou nesta segunda-feira (08), no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Santa Maria a oficina profissionalizante na confecção de Ovos de Páscoa.

O curso segue uma programação que abrangerá as 4 unidades dos CRAS. Na terça-feira (09), o curso ocorre no CRAS São Mateus, na quarta-feira (10) Cristo Rei e na quinta-feira (11) no Jardim Glória I, no período vespertino às 14h. A qualificação beneficiará todas as integrantes do projeto que são de abrangência dos CRAS.

Segundo a Secretaria de Assistência Social, Flávia Omar, o objetivo do curso é ensinar as participantes a confeccionar ovos de Páscoa, na forma artesanal, para através desse trabalho auxiliar na melhoria da renda das famílias do município em vulnerabilidade, oportunizando o protagonismo das mesmas.

“Queremos possibilitar às famílias a ampliação das relações interpessoais e o desenvolvimento de habilidades para o mercado de trabalho. Hoje, muitas pessoas procuram os ovos de Páscoa artesanal, porque é mais barato e de bom sabor”, destacou a secretária.

De acordo com a coordenadora do projeto social, Bernadete Miranda, o objetivo do curso é promover a geração de renda para mulheres donas de casa que queiram aumentar o orçamento familiar nesta data comemorativa. “A intenção é motivar estas mulheres a ter uma renda extra durante o período da Semana Santa e a Páscoa”, afirma.

Com duração de quatro horas, o curso oferece noções básicas para a produção de embalagens decorativas, trufas e ovos de páscoa passo a passo, dicas e informações de onde comprar os ingredientes com valor mais acessível e tabela de preço dos ovos. “Na aula as alunas estão animadas e empolgadas com o resultado que a iniciativa proporcionará a elas, principalmente no que se refere a aprender a fazer chocolates que poderão ser vendidos não só na Páscoa, mas durante o ano todo”, frisou a coordenadora do projeto, Bernadete Miranda.

Para muitas alunas é a opção que faltava para driblar o desemprego, principalmente para aquelas que não estão trabalhando no momento. O dinheiro arrecadado com as vendas dos chocolates somará significativamente no orçamento da família. “Não tem quem não goste de chocolate, seja qual for à época. Claro que na Páscoa as vendas tendem a aumentar, mas, é um produto que tem procura o ano todo”, lembra a coordenadora.

Rosenete Maria Magalhães, 54 anos, do bairro Pai André, participou do curso com o objetivo de aprender para repassar as técnicas a membros da família. “Nem todo mundo tem condições de comprar ovos de chocolate industrializados. Fazer em casa é uma boa alternativa”, disse.

Com encomendas garantidas, Maria de Fátima Oliveira, 42 anos, residente no bairro 15 de Maio, que já tem experiência na produção de ovos de chocolate, decidiu participar do curso para aprimorar as técnicas. “Quero aprender coisas novas para inovar e, assim, conquistar mais clientes”, revelou.

O curso é totalmente gratuito e visa à capacitação das donas de casas, bem como o desenvolvimento econômico da população que reside nos bairros de abrangência. Durante o curso, as participantes do projeto social aprendem a fazer ovos de páscoa e bombons com diversidade de sabores e recheios.

Por: Cláudia Joséh – Secom/VG

Comentários Facebook
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Várzea Grande

Várzea Grande libera vacina para idosos a partir de 81 anos

Profissionais de saúde que ainda não receberam a primeira dose devem se cadastrar para a imunização.

Publicados

em

Da Redação

A prefeitura de Várzea Grande está cadastrando idos a partir de 81 anos para recebimento da primeira dose da vacina contra o covid-19. O município recebeu do Governo do Estado, na última terça-feira (9), 1.800 doses do imunizante e segue as diretrizes do Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde.

Profissionais de saúde, empregados ou autônomos, que ainda não receberam a primeira dose devem se cadastrar para a imunização. Os que já foram vacinados receberão a segunda dose até o próximo domingo (14).

Para receber as vacinas, as pessoas deve se cadastrar no site oficial da vacinação em Várzea Grande, clicando aqui.

Comentários Facebook
Continue lendo

Várzea Grande

Metropolitano abre mais 10 leitos para pacientes com covid-19

Segundo a Secretária de Saúde, esta semana foram inaugurados 30 leitos de UTIs no Estado.

Publicados

em

Da Redação

O Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, abriu, nesta quarta-feira (10), 10 novos leitos de UTI para atender pacientes com covid-19. A unidade hospitalar é referência estadual no tratamento da doença. Com a ampliação, o hospital passa a contar com 80 leitos de UTI e 178 de enfermaria.

“Esta semana disponibilizamos 10 novos leitos de UTI no Hospital Estadual Santa Casa e outros 10 no São Lucas, em Primavera do Leste. Hoje, entregamos mais 10 leitos no Hospital Metropolitano. São 30 novos leitos de UTI para pacientes do SUS”, declarou o secretário estadual de saúde Gilberto Figueiredo.

A Secretaria estuda a ampliação de leitos em Cáceres, Rondonópolis, Sinop, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum e Alta Floresta.

“Essas ampliações são necessárias para que possamos ficar numa situação menos desconfortável e ter leitos de UTI suficientes para caso haja o agravamento da pandemia”, disse Figueiredo.

Na última terça-feira (09.02), Mato Grosso registrou 73,6% de ocupação das UTIs públicas referenciadas para o tratamento da Covid-19. Pelo Sistema Único de Saúde (SUS), restam 108 leitos de Terapia Intensiva disponíveis em todo o Estado; as vagas são exclusivas para o atendimento de pacientes com novo coronavírus.

Comentários Facebook
Continue lendo

Várzea Grande

Surto de Covid fecha Câmara de Várzea Grande

Três servidores testaram positivo para a doença.

Publicados

em

Da Redação

A Câmara Municipal de Várzea Grande suspende as atividades administrativas e parlamentares na Casa de Leis, devido  três servidores testarem positivos para a Covid 19. A publicação da medida será feita nesta quarta-feira (10) no Jornal Oficial dos Municípios (AMM).

“Suspender as atividades presenciais, incluindo o atendimento ao público por sete dias, devendo as atividades serem realizadas em home office e tele-bralho”, é destacado na publicação.

O presidente da Casa de Leis,  o vereador Fábio José Tardin – Fabinho (DEM), relata que a medida é para proteger a saúde dos demais servidores e munícipes

“Infelizmente tivemos estes casos dentro da Câmara, porém, quero pedir para que os demais trabalhadores se cuidem, higenize as mãos, evitem aglomerações e usem máscaras. Todas as medidas preventivas foram tomadas, inclusive com desinfecção de ambiente,  mas o servidor pode se contaminar fora do Legislativo.  Por isto, estamos suspendendo os trabalhos para evitar de termos uma propagação interna”, destaca o vereador.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política

Polícia

GERAL

Mais Lidas da Semana