fbpx

Polícia

Ministério Público, Secretaria de Segurança e Polícia Civil reforçam parceria no combate ao crime

Publicados

em

por CLÊNIA GORETH

segunda-feira, 15 de abril de 2019, 16h17

 

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, Secretaria de Segurança Pública e Polícia Civil vão compartilhar dados, informações e conhecimentos técnicos para garantir maior eficiência e efetividade nas ações de segurança pública, persecução penal e atividades de inteligência. O acordo foi formalizado nesta segunda-feira (15), durante reunião realizada na sede da Procuradoria Geral de Justiça.

A partir de agora, as soluções tecnológicas serão desenvolvidas ou aprimoradas com base em estruturas já existentes. No âmbito do Ministério Público, o trabalho será coordenado pelo Centro de Apoio Operacional – CAOP/CSI, que tem à frente o promotor de Justiça Rubens Alves de Paula.

“Ninguém faz inteligência de forma isolada, não adianta ser excepcional, mesmo assim não será possível combater o crime organizado. Temos que quebrar paradigmas com relação à necessidade de fazermos termos de cooperação para acessar dados e conhecimentos. Essa parceria é o primeiro passo rumo a essa conquista. Fazemos parte de um sistema de Justiça e o trabalho em conjunto é fundamental para combatermos a lavagem de dinheiro, a corrupção, evasão de divisas, entre outros crimes”, ressaltou o coordenador do CAOP/CSI.

Para o secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, a área de segurança não é uma questão de governo, mas de Estado. “As operações multiagências cada vez se tornam mais necessárias. A troca de procedimentos e de informações facilita o trabalho de todo mundo. O dia em que todos se sentirem confortáveis em ter um espaço adequado para cada um operar, a tendência é crescermos. Temos que ser altruístas no que diz respeito ao apadrinhamento de determinados serviços”, destacou o secretário.

O procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira, enfatizou a importância da retroalimentação de informações entre as instituições. “Nós temos que ter um sistema de inteligência funcionando e para isso é necessário o compartilhamento de informações de todos os órgãos. Está na hora de pararmos de pensar corporativamente,  marcando espaços, quando o que mais a sociedade espera é por resultados”, disse.

O delegado-geral da Polícia Civil, Mário Dermeval Aravechia de Resende enfatizou a confiança depositada no Ministério Público e lembrou que as duas instituições já trabalham em parceria em outras frentes. “Temos que fomentar o desenvolvimento da Justiça e buscar o que for melhor para a sociedade. Nós temos total convicção de que estamos no caminho certo e podem contar sempre com a Polícia Civil”, afirmou.

“A inteligência nada mais é do que você poder converter as informações e poder fazer uso dessas informações. A partir do momento em que a gente não compartilha, ou deixa de compartilhar, você não coopera. É nesse sentido que este termo vem coroar esse trabalho”, acrescentou Wylton Massao Ohara, secretário-adjunto de Inteligência da Secretaria de Estado de Segurança Pública.
 

Comentários Facebook
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Geral

Aproximadamente 250 quilos de cocaína foram apreendidos pela PF

Publicados

em

Presidente Prudente/SP –  A Polícia Federal realizou na tarde ontem, 7/8, a abordagem de dois indivíduos que transportavam, em um caminhão, tipo baú, aproximadamente 250 quilos de cocaína.

O veículo foi abordado durante barreira policial montada na rodovia SP-425, nas proximidades do aeroporto de Presidente Prudente/SP, trafegando no sentido Paraná-Presidente Prudente.

Em entrevista, os ocupantes do caminhão afirmaram que estariam transportando uma mudança. Todavia, solicitado acesso ao baú do citado veículo, os policiais notaram a presença de poucas caixas de papel.

Ao vistoriarem as caixas, os policiais constataram que estavam todas carregadas com cocaína.

Os envolvidos e a droga foram encaminhados à Delegacia da Polícia Federal em Presidente Prudente, tendo a autoridade policial, então, ratificado a voz de prisão em flagrante pelo delito de tráfico de drogas.

A droga apreendida seguirá para São Paulo/SP, onde aguardará autorização judicial para sua incineração.

Comunicação Social de Presidente Prudente/SP

Fonte: Polícia Federal

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Dois irmãos são assassinados a tiros em frente de residência em Barra do Garças

Publicados

em

Dois irmãos foram mortos a tiros no Bairro Novo Horizonte, em Barra do Garças (516 km de Cuiabá), nessa quinta-feira (5). De acordo com a Polícia Militar, testemunhas disseram que Jânio Rodrigues de França, de 37 anos, e Jalmin Rodrigues de França, de 36, estavam sentados na frente da casa de um deles, na rua JK, quando homens armados chegaram a pé, se aproximaram das vítimas e efetuaram os disparos.

Jânio e Jalmin ainda tentaram correr, cada um para um lado, mas não conseguiram fugir dos criminosos. Foram baleados e caíram no chão. Os suspeitos fugiram em seguida. Vizinhos dos irmãos ouviram os tiros e acionaram a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros. Quando os militares chegaram no local, os irmãos já estavam mortos.

Policiais Militares fizeram rondas pela região, mas os suspeitos ainda não foram encontrados. A Polícia Civil investiga o caso.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

A pauladas: Homem que matou trabalhador rural é preso em Tabaporã

Publicados

em

O homem que matou o trabalhador rural Ronaldo Batista de Oliveira, de 46 anos, no município de Tabaporã, foi preso nesta quarta-feira (3) após ser localizado no distrito de União do Sul.

 

 

As investigações apontam que o crime aconteceu devido a uma discussão por causa de uma panela de comida. A propriedade rural onde o crime aconteceu está localizada a cerca de 35 quilômetros do centro de Tabaporã.

A vítima foi encontrada caída no chão, já sem vida, com lesões na cabeça e um pedaço de madeira próximo ao corpo.

Com base em investigações, o delegado de Tabaporã, Bruno Palmiro, representou pelo mandado de prisão preventiva do suspeito, que foi deferido pela Justiça.

 

Após deferimento da ordem judicial, os policiais realizaram diversas diligências para localizar o suspeito, descobrindo o seu paradeiro no distrito de União do Sul.

Diante da informação, os policiais de Tabaporã, com apoio das Delegacias de Sinop e Cláudia, diligenciaram até o distrito dando cumprimento ao mandado de prisão contra o foragido.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política

Polícia

GERAL

Mais Lidas da Semana