fbpx

Geral

Instituto quer que OAB mude de nome para ‘Ordem da Advocacia Brasileira’

Publicados

em

O Instituto Brasileiro de Direito de Família (IBDFam) quer que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) mude de nome para refletir igualdade de gênero. O pedido foi direcionado para o presidente da OAB, Felipe Santa Cruz. A entidade quer que a OAB passe a se chamar  Ordem da Advocacia Brasileira.

O IBDFam também enviou um pedido similar para a presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Renata Gil. A entidade quer que a AMB mude o nome para Associação da Magistratura Brasileira.

“Ainda que por questões históricas e culturais durante muito tempo referências feitas no masculino fossem utilizadas aparentemente como gênero neutro, hoje não mais se admite esta neutralidade para a inclusão das mulheres”, sustenta o instituto. 

O instituto sugere que a proposta seja submetida aos colegiados da OAB e da AMB. O objetivo seria “quebrar paradigmas da sociedade patriarcal” e adequar essas entidades à luta pela igualdade de gênero. 

“Vivemos todos um processo emancipatório deflagrado pelo movimento feminista, o qual, ao longo de meio século, vem buscando a igualdade de gênero como a única de forma expressar os ideais da liberdade e do respeito à dignidade humana”, argumenta o instituto 

Na mensagem à OAB, o instituto cita que “mais de 50% dos inscritos na Ordem são mulheres e correspondem à parcela preponderante no exercício da profissão”. No ofício à AMB, o instituto cita a Resolução 255/2018 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que instituiu a Política Nacional de Incentivos à Participação Feminina no Poder Judiciário.

Fonte: www.bahianoticias.com.br

Comentários Facebook
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Trump cria rede Truth Social após ser banido de Facebook e Twitter

Publicados

em

Rede social de Donald Trump prega a “verdade” e foi criada para combater big techs; ex-presidente foi banido plataformas como Twitter e Facebook após incitar violência

O ex-presidente americano Donald Trump anunciou nesta quarta-feira (20) que pretende abrir sua própria rede social, onde usuários poderão fugir da “censura das big techs”. A nova plataforma foi batizada, ironicamente, de Truth Social, e já tem um beta programado para novembro, com alguns convidados. O lançamento é esperado para o primeiro trimestre de 2022.

Donald Trump (Imagem: Gage Skidmore/Flickr)

“Criei a Truth para enfrentar big techs”, diz Trump

Verdade. Essa é a palavra que traduz livremente o nome da nova rede social que o ex-presidente Trump quer lançar ao mercado. O republicano anunciou a proposta por meio de um release elaborado pela empresa que vai bancar a Truth, a Trump Media Technology Group (TMTG).

Criar a própria rede social parece um devaneio de uma noite de verão, com a concentração de grandes empresas e grupos como Google, Facebook e Twitter. Mas esse é o desejo de Trump desde que foi banido das plataformas mais importantes para se comunicar com apoiadores. Ele foi suspenso depois do ataque ao Capitólio, por incentivar a violência e organizações perigosas.

“Eu criei a Truth Social e a TMTG para enfrentar a tirania das big techs. Nós vivemos em um mundo onde o Talibã tem uma enorme presença no Twitter, no entanto, seu presidente americano favorito foi silenciado.” Donald Trump, em pronunciamento

De acordo com uma pesquisa pelo instituto Gallup feita entre 4 e 15 de janeiro, 62% dos americanos rejeitam o “ex-presidente americano favorito”.

Truth terá beta fechado em novembro e apenas para iOS

Mesmo em rusga com as big techs, Trump lançou a única versão da Truth para iOS até o momento. Apenas usuários da Apple podem se inscrever para o beta de novembro, e não há previsão de quando a plataforma pode chegar para Android. Isso porque o ex-presidente está processando o Google por violar seu direito à Primeira Emenda da Constituição dos EUA.

Prints da rede social na App Store revelam que ela parece uma cópia barata de uma das redes favoritas de Trump: o Twitter. E, por mais que o nome seja Truth, a rede já tem propaganda enganosa no ar: ela lista a conta de alguns veículos que já entraram na rede social, incluindo o site TechCrunch. Contudo, o próprio portal afirma que não possui uma conta na plataforma.

A empresa criada por Donald Trump para colocar no ar sua própria rede social, a TMTG, pretende abrir inclusive capital na bolsa de valores para captação de recursos.

O grupo do ex-presidente deve fazer uma fusão com um fundo de investimentos chamado Digital World Aquisition Corp., uma firma que opera como um “cheque em branco” — geralmente, esse tipo de empresa é usada para manobras financeiras lícitas ou ilícitas.

Assim, Donald Trump pode fugir de barreiras regulatórias dos EUA, enquanto entra “de carona” na Nasdaq.

Fonte: Tecnoblog

Comentários Facebook
Continue lendo

Geral

TRF cancela recurso de chapa que pleiteia comandar o CRECI para o triênio 2022/2024

Publicados

em

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região não acatou o recurso da chapa indeferida ‘Pra Frente Corretor’, representada por Claudecir Contreira, atual vice-presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Mato Grosso, que pleiteia comandar o CRECI para o triênio 2022/2024.

A justiça certificou na última sexta-feira (15/10), que o recurso estaria em desacordo com o artigo 23, inciso IV, da Portaria Presidência 8016281/2019 do TRF, e já determinou o cancelamento da distribuição do recurso, ocorrendo juridicamente a ‘preclusão consumativa’, ou seja, em tese, a chapa de Claudecir não tem mais direito de recorrer juridicamente.

A chapa de Claudecir havia recorrido da decisão, da Juíza Federal Kátia Balbino de Carvalho Ferreira, que suspendeu o comando da sentença que autorizou a chapa ‘Pra Frente Corretor’ concorrer via liminar o pleito eleitoral realizado nos dias 06 e 07 de julho.

A Comissão Eleitoral do COFECI – Conselho Federal de Corretores de Imóveis, havia indeferido o registro da chapa ‘Pra Frente Corretor’ por não estar respeitando as normas para concorrer ao pleito eleitoral.

Da decisão da juíza Kátia Balbino, considerou que quatro integrantes da chapa ‘Pra Frente Corretor’ estavam inadimplentes com o Conselho, e que foi correta a decisão da comissão eleitoral do COFECI de indeferimento de registro da chapa de Claudecir.

Conforme a Resolução-COFECI n. 1.446/2020, que estabeleceu as normas para realização de eleições nos Conselhos Regionais de Corretores de Imóveis (CRECI) , diz (§ 3º do artigo 27 ) que será automaticamente excluído do pleito o candidato que no decorrer do processo eleitoral, vier a inadimplir, total ou parcialmente, obrigação financeira de qualquer natureza junto ao CRECI. 

A lei nº 6.530/78, que regulamenta a profissão, no artigo 12 exige que para serem membros do Conselho Regional, os Corretores de Imóveis devem ter inscrição principal na jurisdição há mais de 02 (dois) anos, e não ter sido condenados por infração disciplinar. Aliado a isso, o artigo 34 do Decreto 81.871/1978, também exige a adimplencia junto ao Conselho para o exercício da profissão de corretor de imóveis e da pessoa jurídica.

Com o cancelamento do recurso, a chapa de Claudecir não conseguiu recorrer da decisão.  A chapa adversária, comandada pelo atual presidente do CRECI, prof. Benedito Odário, é a única chapa que se adequou às normas eleitorais, e, portanto, sendo a única elegível, e deverá permanecer na direção do CRECI/MT para o triênio 2022/2024.

 

 

 

DIREITO DE RESPOSTA

 

 

MAIS UMA DAS MENTIRAS DA ATUAL GESTÃO DO CRECI/MT QUE PERDERAM NAS URNAS

 

Em primeiro lugar, deixo claro que esta notícia além de tendenciosa para o mal não condiz com verdade.

Infelizmente, nosso opositor está jogando sujo e isso tem sido uma vergonha para nossa classe.

Uma pena que tenhamos que passar por isso, utilização dos meios de comunicação para disseminação de mentiras e propagação do mal e o pior é que o opositor utilizou-se da assessoria de imprensa do CRECI/MT, assessoria esta paga com recurso do corretor para divulgação de uma mentira e para benefício próprio, envolvendo de forma direta e mentirosa, parte da imprensa de MT.

Pois bem!

O cancelamento o qual se refere o opositor, trata-se apenas de cancelamento de distribuição de um erro material de processo, situação pontual de distribuição de processos pelo sistema jurídico conhecido como PJE, ou seja, este Agravo Interno foi interposto nos próprios autos da ação pedido de suspenção do atual presidente do CRECI/MT Processo nº 1035471-60.2021.401.0000, como podemos observar no documento impresso.

Deste modo, a afirmação de que “o cancelamento do recurso, a chapa de Claudecir não conseguiu recorrer da decisão”, é falsa.

Importante ressaltar que Constituição Federal nos garante o direito ao contraditório e ampla defesa, e deste forma, seguimos com a nossa defesa de forma correta e respeitando os tramites legais da justiça.

Que possamos seguir lutando, de forma limpa e respaldados com a verdade.

Claudecir Roque Contreira

Presidente eleito pelo voto

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Geral

Inclusão e humanização 

Publicados

em

Gestão Emanuel Pinheiro uma gestão inclusiva e humanitária. Nunca antes na história de Cuiabá, a juventude Cuiabana teve seu espaço. O prefeito dessa cidade deu voz e vez, criando o Conselho municipal da Juventude. A qual Eu, Carboni Neto sou Vice-presidente. E através do conselho jovens estão desenhando um nova Cuiabá Juvenil e humanitária. 

A inclusão, através da secretaria de assistência social e de seus secretarios, diretores, coordenadores; estão incluído em seus programas de oportunidades as classes menos favorecidas como negros, indígenas, quilombolas, lgbtqia+, pessoas portadoras de necessidade motora reduzidas e especiais. 

Dentre muitas obras, qualificações e oportunidades, Emanuel Pinheiro e seu Staff, conseguiu já dentro de poucos dias, a redução da morte por Covid, trazendo a sociedade um novo normal. 

Na saúde o maior programa de amparo de Mato-Grosso a Saúde no enfrentamento ao Corona vírus, e na saúde geral o maior hospital municipal e pronto socorro a onde não só até de a capital como todo estado. Qualificado com excelentes profissionais e com atendimento e estrutura bem maior que muitos hospitais particulares. Na Educação fez uma grande inovação atendendo as famílias em período de pandemia, e num novo normal que está atuante creches e escolas preparadas com toda infraestrutura. Um cidade onde leva o lema de “Cidade calorosa, em muitas unidades de ensino alunos não passam mais calor” e a população em geral contemplada com mais de 140 novos ônibus de frota composta com sistema multi mídia, e se condicionado. 

Para as regiões de ilhas de calor, grandes parques e restruturação de praças estão trazendo de novo o verde e fresco dos ventos, e oportunidade de diversão familiar e qualidade de vida a moradores de grande centros até pequenos bairros, praças com parquinhos comuns e adotados a crianças PnE, academias para 3 idade com equipamentos leves e funcionais e pista de corrida e quadras para o divertimento esportivo. 

E uma gestão que já gerou muitas oportunidades de trabalho e renda a população através da secretaria de Trabalho interligada direto com o mercado de trabalho em conjunto a mega estrutura do SINE da gente. E trabalho que não para. 

E moradia nova a população mais carente e Entrega de título definitivo de propriedade para mais de 5mil proprietário de domicilio. Pessoas que não tinha posse de suas casas em alguns casos, a mais de 40 anos. 

Agora pra inovar a prefeitura vai pro campo, com o Programa Pra Fente Cuiabá, pequenas propriedades com seus grandes produtores estão sendo cuidados, auxiliados e fomentado seus projetos através de parcerias públicas e privadas. 

É mais qualificado com programa qualifica, mais preparo para o jovem entra na faculdade com curso preparatório Enem Digital, e emprego com sim da gente. 

E Cuiabá voltando a sorrir de novo, mesmo que ainda por traz de uma máscara de proteção respiratória. Porém os olhos dos cuiabanos estão voltando a brilhar. 

E vamos lembrar. Vem Ferrovia, Senador Vuolo pra fomentar a importação e Exportação e geração de emprego e desenvolvimento econômico a Capital. 

Por Carboni Neto

Vice-presidente Conjuve/Cbá e Militante das classes Juvenil Matogrossense.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política

Polícia

GERAL

Mais Lidas da Semana