MAIS 3 CRIMES

Homem que confessou estupro e morte de menina de 5 anos em MT é denunciado pelo MP por 3 crimes

Publicado

Polícia

O pedreiro e catador de reciclados Antônio Ramos Escobar foi denunciado nesta segunda-feira (28) pela 2ª Promotoria de Justiça Criminal de Sorriso, a 420km de Cuiabá, por estupro de vulnerável, homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver da menina Sara Vitória Fogaça Paim. O crime aconteceu em 2010, quando a vítima tinha cinco anos de idade.

Conforme o promotor de Justiça Luiz Fernando Rossi Pipino, as qualificadoras do homicídio são emprego de meio cruel, mediante recurso que impossibilitou a defesa da vítima, e visando assegurar a ocultação e impunidade de outro crime (estupro, no caso).

O denunciado, que recentemente confessou o crime, está preso preventivamente no Centro de Ressocialização de Sorriso.

Antonio Ramos Escobar, de 58 anos — Foto: Divulgação

De acordo com as investigações, no dia 1º de junho de 2010, por volta das 15h30m, nas dependências de uma construção, Antônio Ramos Escobar, após ter praticado atos libidinosos com a criança, matou a menina asfixiada e ocultou o seu cadáver.

“No dia dos fatos, Antônio Ramos Escobar, após avistar e abordar a vítima na via pública (nas proximidades do Estádio Municipal ‘Egídio José Preima’), transportou a criança/vítima até uma construção em que trabalhava”, consta na denúncia.

Nas dependências da edificação, ele se aproveitou da ausência de vigilância e da vulnerabilidade e fragilidade da vítima para violentá-la.

“No desdobramento dos fatos, Antônio Ramos Escobar, consciente e imbuído de animus necandi (vontade de matar), aproveitando-se da compleição física avantajada em relação à criança/vítima e também do local desabitado em que se encontravam àquela ocasião (recurso que dificultou e/ou tornou impossível a defesa), esganou a criança, provocando-lhe, pois, a sua morte (por asfixia), tudo como forma de assegurar a ocultação e a impunidade do crime sexual anteriormente praticado”, narra Luiz Fernando Rossi Pipino.

De acordo com o promotor de Justiça, o denunciado, na sequência, ensacou o corpo da vítima e ocultou o seu cadáver em local ainda não apurado pelos agentes policiais.

*FONTE:G1

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

PRF lança a Operação Finados 2020 em Mato Grosso

Publicado

A Operação Finados, nas rodovias federais, em Mato Grosso, iniciou na madrugada desta sexta-feira (30), com quatro dias de Operação, que se estenderá até as 23h59 de segunda-feira (2).

A PRF reforçará o policiamento ostensivo e preventivo com foco na diminuição dos acidentes de trânsito e no combate aos crimes.

As fiscalizações terão como foco embriaguez ao volante, uso de cinto de segurança, uso dos faróis, ultrapassagens indevidas, dispositivos de retenção para crianças, trânsito de motocicletas entre outros.

Dicas de segurança:

A Polícia Rodoviária Federal recomenda a adoção de comportamentos viários defensivos, como respeitar os limites de velocidade, manter distância de segurança em relação aos demais veículos, ultrapassar apenas quando houver plenas condições de segurança, manter os faróis ligados mesmo durante o dia e redobrar os cuidados ao conduzir sob chuva.

Mesmo em viagens curtas, fazer uma revisão preventiva do veículo, o que inclui a checagem dos pneus, do sistema de iluminação, sistema de suspensão, dos equipamentos obrigatórios, do nível do óleo e do radiador, limpadores de para-brisas entre outros itens.

*FONTE:G1

Continue lendo

Polícia

Operação cumpre mandados contra suspeitos de latrocínio contra vigilante em Cuiabá

Publicado

Dez ordens judiciais, entre mandados de prisão e de busca e apreensão, são cumpridos nesta quarta-feira (28) pela Polícia Civil em operação deflagrada pela Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (Derrfva), para esclarecimento do latrocínio contra o vigilante João Batista da Silva, de 64 anos, em abril deste mês, em Cuiabá.

De acordo com a polícia, são cumpridos na ‘Operação Medianeira’ dois mandados de prisão e oito de busca e apreensão domiciliar contra suspeitos indiciados pelo latrocínio.

A polícia informou que, durante as investigações, foi identificado que os autores do crime fazem parte de uma organização criminosa armada voltada à prática de roubos de veículos e crimes correlatos com atuação em Cuiabá, Várzea Grande e outras cidades da região metropolitana.

O grupo criminoso, com aval de uma facção criminosa, também estaria envolvido na implantação de uma milícia armada no loteamento João Baracat, impondo regras com o emprego de violência e grave ameaça aos moradores da região.

A ação conta com apoio de equipes da Gerência de Operações Especiais (GOE), Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes e Delegacia Especializada do Adolescente de Cuiabá.

Latrocínio

João Batista foi morto em uma mecânica situada na Rodovia Imigrantes, em Cuiabá, no dia 24 de abril deste ano.

Quatro ladrões armados chegaram no local, renderam as pessoas que estavam na oficina, e levaram um veículo Onix de cor branca além de aparelhos celulares das vítimas.

Ao saírem da oficina, dispararam contra o vigilante, que morreu no local. Desde então, os suspeitos não foram localizados.

*FONTE:G1

Continue lendo

Polícia

Motoqueiros matam homem dentro de bar no interior de MT

Publicado

Bruno Fábio Pires, 40, morreu após ser baleado dentro de um bar, localizado no Centro de Canarana (823 km ao Leste de Cuiabá), no começo da noite de segunda-feira (26). Testemunha informou que só ouviu o momento do disparo do tiro e em seguida, uma motocicleta deixando o local. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

 

De acordo com as informações, Polícia Militar foi acionada por volta das 19h40 e quando chegou, encontrou a vítima agonizando no chão do bar. Ambulância foi acionada e fez o resgate de Bruno, que foi encaminhado ao hospital da cidade com um ferimento no rosto.

Enquanto isso, os policiais faziam diligenciais no local. O dono do bar informou que estava atendendo em outro lugar quando escutou o tiro e em seguida, uma motocicleta saiu em alta velocidade.

 

Ao sair, viu a vítima caída ferida. Ele chegou a se levantar, andou por alguns metros, mas acabou caindo novamente dentro do bar. As testemunhas não souberam repassar informações sobre as características da motocicleta, nem do suspeito do homicídio.

 

O bar tem câmeras de monitoramento, que serão utilizadas na identificação do criminoso. Polícia foi informada que, ao dar entrada no hospital, a vítima não resistiu e acabou morrendo.

 

O caso foi registrando e encaminhado à Polícia Civil, que continuará investigando o homicídio.

 

 

*FONTE:GAZETA DIGITAL

Continue lendo

Política

Polícia

GERAL

Mais Lidas da Semana