fbpx

Esportes

Fluminense vence o Fortaleza na Arena Castelão

Publicados

em

Em jogo válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, o Fluminense venceu o Fortaleza, neste domingo (22/05), na Arena Castelão. O gol de Luiz Henrique garantiu ao Time de Guerreiros a vitória por 1 a 0 sobre o adversário.

Seja Sócio e receba conteúdos exclusivos, além de ter descontos em vários parceiros. Faça o Fluminense mais forte e escolha um plano agora!

A equipe comandada pelo técnico Fernando Diniz volta a campo na quinta-feira (26/05), quando enfrenta o Oriente Petrolero-COL, às 21h30, no Estádio Ramón Aguilera Costas, pela sexta rodada da CONMEBOL Sudamericana.

PRIMEIRO TEMPO

Aos 8 minutos, em sua primeira investida, o Fluminense abriu o placar com Luiz Henrique. Servido por Nathan, o atacante cortou o marcador e, da entrada da área, finalizou com categoria, acertando o canto do goleiro.

Aos 37 minutos, em cobrança de escanteio de Nathan, Luiz Henrique cabeceou por cima. Aos 41, após tabela com o camisa 13, o Moleque de Xerém ficou cara a cara com o goleiro, mas adiantou demais e acabou travado pelo defensor.

SEGUNDO TEMPO

Aos 2 minutos, após passe de Paulo Henrique Ganso, Luiz Henrique cortou para o meio e, de longe, arriscou a finalização rasteira, mandando nas mãos do goleiro. Aos 12, em cobrança de falta, Ganso achou David Braz, que cabeceou por cima.

Aos 33 minutos, Caio Paulista lançou para Yago Felipe finalizar ao lado da trave. Aos 42, depois do corta-luz de Yago Felipe, o lançamento de Marlon acabou nos pés de André, que finalizou. A bola, no entanto, subiu demais. Aos 51, Germán Cano recebeu de André e chutou com perigo, parando no goleiro.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro – 7ª rodada

22/05/2022, 16h – Castelão

Fortaleza (0)

Max Walef; Landazuri (Lucas Crispim), Benevenuto e Titi (Matheus Jussa); Yago Pikachu, Zé Welison, Hércules (Robson), Lucas Lima e Juninho Capixaba; Moisés (V. Depietri) e Silvio Romero (Renato Kayzer). Técnico: Juan Pablo Vovjoda

Fluminense (1)

Fábio; Yago Felipe, Nino (Luccas Claro), David Braz e Marlon; Wellington, André, Nathan (Samuel Xavier) e Paulo Henrique Ganso (Nonato); Luiz Henrique (Caio Paulista) e Germán Cano. Técnico: Fernando Diniz

Gol: Luiz Henrique (8’ 1T) (FLU)

Cartões amarelos: Lucas Lima (FOR); David Braz (FLU)

Arbitragem: Anderson Daronco, auxiliado por Rafael da Silva Alves e Luiz César de Oliveira Magalhães

Fotos: Mailson Santana/FFC

fonte: https://www.fluminense.com.br/noticia/fluminense-vence-o-fortaleza-na-arena-castelao

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esportes

Grêmio empata com Bahia fora de casa e segue consolidado no G4

Publicados

em

O Grêmio foi até Salvador encarar o Bahia, em jogo direto, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. A partida terminou empatada em 0 a 0 e a equipe de Roger Machado traz para Porto Alegre um ponto importante na bagagem, que faz o time seguir no G4, na quarta posição, com vantagem em relação ao quinto colocado e também há três pontos do Bahia, que é o terceiro.

Os 90 minutos foram disputados, com o Tricolor Gaúcho pressionando a equipe adversária. A partida também contou com o retorno de Ferreira, que entrou na segunda etapa, após quase três meses se recuperando de uma cirurgia para correção de uma hérnia inguinal.

O técnico Roger Machado manteve o esquema tático da última partida, diante do Londrina. As únicas modificações foram as entradas de Thiago Santos e Elias nas vagas de Villasanti e Biel, suspensos.

Nos minutos iniciais, o jogo era truncado, com ambas equipes se estudando e trocando passes. A primeira chegada mais forte do jogo foi da equipe de Roger Machado, que aconteceu aos 12’, quando Elias tentou um chute colocado, da entrada da grande área, pelo lado direito. A finalização acabou passando perto do gol adversário. Em contrapartida, a equipe baiana não dava trabalho à Gabriel Grando.

O ponteiro passava dos 20’, e o Grêmio tinha o controle do meio de campo e tentava chegar ao ataque, mas poucas finalizações eram contabilizadas.

Com 32’ jogados, foi a vez de Bitello arriscar, dessa vez da intermediária. O chute forte acabou ficando na defesa.

O lance mais perigoso aconteceu aos 38’, também a favor do Tricolor Gaúcho. Após uma sequência de escanteios cobrados por Campaz, em um deles, a bola sobrou para Elias, que finalizou de primeira e quase encobriu o goleiro Danilo Fernandes, que conseguiu defender à queima roupa.

Nos minutos finais da primeira etapa, o Tricolor mantinha a bola no campo de ataque e buscava pressionar o Bahia.

O lance de maior susto dos adversários veio aos 42’. Após cruzamento de Matheus, Rodallega cabeceou e a bola saiu pela linha de fundo, fazendo Grando apenas acompanhar.

O Grêmio voltou para a segunda etapa sem modificações e, assim como na primeira, a equipe de Roger Machado mantinha a bola no ataque. Os primeiros minutos foram de pressão, mas as tentativas ficavam na defesa adversária.

Gabriel Grando também precisou trabalhar e realizou uma grande defesa, aos seis minutos. Mugni cruzou rasteiro para Rodallega, que finalizou de primeira, fazendo o arqueiro gremista defender com os pés.

O Tricolor Gaúcho seguia trocando passes e, com 15’ jogados, Roger Machado fez a primeira troca no time gremista. Após quase três meses de recuperação, Ferreira entrou na vaga de Elias.

O tempo passava e o jogo deu uma esfriada, sem chances claras de gol. A situação fez Roger novamente realizar modificações. Janderson e Campaz saíram para as entradas de Emerson e Pedro Lucas.

Aos 29’, foi a vez de Grando crescer, após uma jogada do Bahia. A bola sobrou para Rodallega, que finalizou de primeira, fazendo o arqueiro gremista realizar uma excelente defesa.

A partida ia se encaminhando para o fim, quando o técnico gremista mudou a equipe, pela última vez, aos 40’. Ricardinho e Sarará entraram nas vagas de Diego Souza e Thiago Santos.

Na reta final, o Bahia pressionou, mas a defesa Tricolor segurou o resultado e conquistou um ponto fora de casa.

Final de jogo: Bahia 0x0 Grêmio

Fotos: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

fonte: https://gremio.net/noticias/detalhes/25405/gremio-empata-com-bahia-fora-de-casa-e-segue-consolidado-no-g4-

COMENTE ABAIXO:

Fonte: Agência Esporte

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Vasco empata com o Sport no Maracanã pelo Campeonato Brasileiro

Publicados

em

O Vasco empatou em 0 a 0 com o Sport, neste domingo (3/7), no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. O próximo compromisso do Gigante da Colina na competição será no sábado (9/7), às 16h30, diante do Criciúma, no Heriberto Hulse.

O JOGO

O Vasco começou em cima. Logo aos 2 minutos, Gabriel Pec tentou o chute, mas saiu mascado. Aos 6, Andrey Santos tentou o chute da entrada da area, quase abrindo o placar. Aos 8, o Gigante saiu rápido para o ataque. Léo Matos recebeu na direita e cruzou na área, mas a defesa adversária afastou. Aos 25, Léo Matos foi ao fundo e tentou o cruzamento para Raniel, que cabeceou e mandou pra fora.

Aos 32, Palácios cobrou falta na área, mas a bola passou por todo mundo. Quatro minutos depois, o chileno tabelou com Léo Matos na direita, que cruzou na área, mas a defesa adversária cortou. Aos 38, Andrey recebeu na área e tentou o chute colocado. A bola desviou na zaga e saiu em escanteio. Na sequência, Danilo Boza subiu mais alto que a marcação e mandou na trave.

O Gigante seguiu em cima na segunda etapa. Logo aos 3 minutos, Palácios cobrou escanteio ma cabeça de Léo Matos, que obrigou o goleiro a fazer linda defesa. Aos 8, Raniel recebeu cruzamento da esquerda e tentou o cabeceio, mas mandou sem direção. Aos 16, Andrey invadiu a área, adiantou e acabou superado pela marcação.

Aos 22, Figueiredo arriscou de fora da área e quase surpreendeu o goleiro. Aos 25, Pec recebeu na área, dominou, mas acabou travado na hora do chute. Aos 34, Figueiredo recebeu cruzamento no segundo pau e mandou de cabeça, muito perto.

fonte: https://vasco.com.br/vasco-empata-com-o-sport-no-maracana-pelo-campeonato-brasileiro/

Fonte: Agência Esporte

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Luciano faz dois, e Tricolor vence o Atlético-GO pelo Brasileirão

Publicados

em

Com a moral elevada após marcar dois gols na vitória sobre a Universidad Católica por 4 a 2, no Chile, o atacante Luciano repetiu a dose e balançou as redes duas vezes no triunfo do Tricolor sobre o Atlético-GO por 2 a 1 neste domingo (3), em Goiânia, pelo Brasileirão.

Com o resultado positivo na partida válida pela 15ª rodada, o São Paulo conquistou a primeira vitória como visitante na competição nacional e assumiu o sétimo lugar, agora com 22 pontos.

Após o triunfo no Estádio Antônio Accioly, o Tricolor receberá a Universidad Católica na próxima quinta-feira (7), às 21h30, no Morumbi, pelo decisivo jogo de volta pelas oitavas de final da CONMEBOL Sul-Americana.

Para o confronto deste final de semana, o time não contou com Rafinha (gripado), Sara (cirurgia no tornozelo direito), Alisson (entorse no joelho direito), Colorado (lesão no reto femoral direito), Arboleda (cirurgia no tornozelo esquerdo), Caio (cirurgia no joelho direito) e Luan (cirurgia no adutor esquerdo), além de Nikão (transição após dores no tornozelo esquerdo) e Talles Costa (transição após entorse no tornozelo direito).

O técnico Rogério Ceni escalou a equipe com Jandrei; Diego Costa, Miranda e Léo; Igor Vinícius, Rodrigo Nestor, Igor Gomes, Patrick e Welington; Luciano e Calleri.

No primeiro tempo, o Tricolor balançou as redes aos 23 minutos com Luciano, em cobrança de pênalti, após toque na mão do defensor adversário dentro da área em chute de Patrick. 1 a 0.

O Tricolor, no entanto, não teve muito tempo para comemorar o gol: aos 29 minutos, também em cobrança de penalidade máxima, os anfitriões deixaram tudo igual com Marlon Freitas. 1 a 1.

Na volta para a etapa complementar, Ceni promoveu as entradas de Reinaldo e Gabriel Neves nos lugares de Welington e Patrick.

O São Paulo partiu em busca da vitória e balançou as redes novamente aos 16 minutos: de novo ele, Luciano! O camisa 11 aproveitou desviou da zaga após cruzamento de Nestor e acertou um voleio para marcar! 2 a 1!

Em vantagem no marcador, o time são-paulino administrou o resultado, conteve o ímpeto dos donos da casa e conquistou o primeiro triunfo como visitante neste Brasileirão.

ATLÉTICO-GO 1 x 2 SÃO PAULO

Local: Estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO)
Data: 03/07/2022 (domingo)
Horário: 16h

SPFC: Jandrei; Diego Costa, Miranda e Léo; Igor Vinícius, Rodrigo Nestor (Pablo Maia, 34/2), Patrick (Gabriel, Intervalo) e Welington (Reinaldo, Intervalo); Luciano (Rigoni, 28/2) e Calleri (Eder, 51/2). Téc: Rogério Ceni.

Gols: Luciano, 24/1 e 17/2

ACG: Ronaldo; Hayner, Ramon Menezes, Edson e Jefferson (Arthur Henrique, 23/2); Marlon Freitas, Baralhas (Rickson, 36/2), Wellington Rato (Edson Fernando, 36/2) e Shaylon (Léo Pereira, 15/2); Airton e Churín. Téc: Jorginho.

Gol: Marlon Freitas, 30/1

Cartões amarelos: Ramon Menezes, 20/1; Baralhas, 23/1; Diego Costa, 28/1; Calleri, 29/1; Jefferson, 35/1; Welington, 37/1; Rodrigo Nestor, 39/1; Shaylon, 7/2; Léo, 9/2; Luciano, 27/2; Edson, 41/2; Gabriel, 53/2

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes (RJ)
Assistentes: Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)
Quarto Árbitro: Rubens Paulo Rodrigues dos Santos (GO)
Árbitro de Vídeo: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)
AVAR: Carlos Henrique Cardoso de Souza (RJ)
Observador de VAR: Giulliano Bozzano (MG))

fonte http://www.saopaulofc.net/noticias/noticias/campeonato-brasileiro/2022/7/3/luciano-faz-dois,-e-tricolor-vence-o-atletico-go-pelo-brasileirao

COMENTE ABAIXO:

Fonte: Agência Esporte

Comentários Facebook
Continue lendo

Política

Polícia

GERAL

Mais Lidas da Semana