Geral

Donos e cães participam de ‘aumigo oculto’ drive thru em Cuiabá

Publicados

em

Um pet de shop de Cuiabá criou um “AUmigo oculto” em modo drive thru devido à pandemia da Covid-19. O evento vai ser realizado neste sábado (5), entre as 10h e 13h. Os tutores devem passar com o carro na frente do pet shop para retirar o presente do seu cachorro.

A advogada e proprietária do estabelecimento, Taciany Bertaglia, conta que sempre teve vontade de empreender e decidiu abrir um pet shop por gostar muito de animais. Desde quando a empresa foi aberta, em 2018, ela decidiu fazer eventos em datas comemorativas para os clientes e animais de estimação.

Animais participam de "AUmigo oculto" — Foto: Divulgação

Animais participam de “AUmigo oculto” — Foto: Divulgação

Após três meses da abertura, ela fez um encontro entre os cachorros que vão ao pet shop para promover a socialização entre eles e os tutores. Taciany conta que o primeiro encontro deu muito certo e, a partir daí, surgiu a ideia de fazer outros eventos.

“Não tínhamos credibilidade nenhuma ainda, ninguém conhecia a gente e mesmo assim lotou. Com isso começou a surgir as ideias de interação”, afirma.

No mesmo ano, eles criaram o “AUmigo oculto” – um encontro no período de Natal -, em uma chácara. Os clientes e animais puderam ter contato com natureza em um dia diferente.

No ano passado, donos e cães se reuniram em uma chácara — Foto: Divulgação

No ano passado, donos e cães se reuniram em uma chácara — Foto: Divulgação

Além disso, o pet shop fazia encontros em parques para incentivar o convívio e socialização dos cachorros, evitando animais agressivos e medrosos. Neste ano, o último encontro foi durante o Carnaval com desfile de fantasias.

Após a pandemia da Covid-19, eles decidiram manter a tradição do “AUmigo oculto”, mas adaptando o evento, fazendo de modo drive thru. O sorteio entre os cachorros foi realizado e a entrega dos presentes será neste sábado (5).

“Como será nossa primeira vez ainda estamos com medo mas bastante confiantes. Será algo rápido e objetivo pra não acontecer nenhum tipo de aglomeração, tudo dentro do carro”, afirma.

Cada tutor deve passar de carro e buscar o presente para evitar aglomerações, mas garantindo de alguma forma a interação entre os animais. São 25 tutores com 30 cachorros participando. Taciany conta que em um grupo de Whatsapp foram estipulados os valores e os tipos de presentes que cada um gostaria de ganhar.

“Os presentes mais escolhidos são pelúcia e brinquedos interativos. O mais legal é que os tutores realmente pensam no presente que o cachorro vai gostar e não no que ele está precisando no momento”, afirma.

Pode participar qualquer tipo de animal de estimação, o encontro é aberto ao público de Cuiabá e Várzea Grande. Segungo Taiciany, neste ano, eles panejaram fazer todas as datas comemorativas como Halloween e Páscoa, mas precisaram adiar e fazer em 2021 por conta da pandemia.

“Todos meus clientes se conhecem por causa dos eventos e eles amam. Tem até um cachorro que não socializava e hoje a tutora é grata por todos os encontros que já fizemos porque ele melhorou muito e ainda está em evolução. Ali são trocadas experiências e informações que todos precisam saber”, afirma.

Além desses eventos, o pet shop decidiu fazer lives de temas como vacina, diferença das rações e o que poder dar ou não para o animal auxiliando os tutores durante a pandemia. Nessas lives participaram pessoas de outros estados do Brasil como São Paulo, Sergipe e Bahia.

*FONTE:G1

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Prevenção Coronavírus

Publicados

em

Continue lendo

Geral

Terezinha de Souza Diretora do Sanear é executada em Rondonópolis

Publicados

em

Na manhã desta sexta-feira 15, por volta das 7h30, a diretora diretora geral do Serviço de Saneamento Básico de Rondonópolis, foi alvejada por 4 tiros.

Uma moto teria parado ao lado do veículo , de onde os tiros foram disparados.

Três disparos atingiram a cabeça. Ela foi encaminhada ao Hospital, porém não resistiu.

 

*FONTE:Marreta Urgente 

Continue lendo

Geral

Emanuel anuncia que vacinação contra Covid em Cuiabá começa na quarta-feira

Publicados

em

Primeiramente, segundo Emanuel, serão imunizadas 125 mil pessoas dos grupos prioritários. “Inicialmente, será apenas os profissionais de saúde e grupo de risco, como os idosos acima de 60 anos, cadeirantes, pessoas com dificuldades de locomoção, entre outros”, disse o prefeito em entrevista à TV Centro América.

Emanuel disse que Cuiabá já tem um plano de vacinação elaborado, restando pequenos detalhes que seguirão as orientações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e do Ministério da Saúde. No Brasil, serão distribuídas, a partir da próxima semana, 8 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19.

Serão 6 milhões do Instituto Butantan – a Coronavac – e outras 2 milhões que estão chegando da Índia, desenvolvida pelo Laboratório Astrazeneca. “O ministro já deixou claro que essa data só será alterada se não houver liberação por parte da Anvisa, mas nós estamos nos preparando para começar a vacinar esses grupos prioritários”, garantiu.

De acordo com o planejamento, a imunização será feita de forma estratégica em pólos específicos da capital. Além disso, a prefeitura pretende utilizar a estrutura do Programa de Assistência Médica e Odontológica Rural (AMOR) para fazer com que a vacina chegue até a residência de pessoas com dificuldade de locomoção ou em regiões afastadas. 

“Nós já estamos planejando colocar uma central de distribuição em cada região da cidade para descentralizar o atendimento. Nós também vamos fazer a imunização por agendamento pelo Conect SUS e também utilizaremos a estrutura do programa AMOR para chegar até aquelas pessoas que possuem dificuldade de locomoção”, explicou.

Por fim, Emanuel esclareceu que o restante da população deve ser imunizada a medida que outros lotes das vacinas contra a Covid forem sendo adquiridos pelo Ministério da Saúde, órgão responsável por comprar e fazer a distribuição dos imunizantes. “A expectativa é que chegue 6 milhões de doses e para março e abril 40 milhões de doses. A partir daí, o Brasil já terá o calendário fechado para poder imunizar a todos”, concluiu.

 

 

*FONTE:Folha Max

 

Continue lendo

Política

Polícia

GERAL

Mais Lidas da Semana