fbpx

Polícia

Delegada Miedir recebe prêmio Ruth Marques de destaque a defesa dos direitos das mulheres

Publicados

em


Primeira delegada da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM) de Cuiabá, Miedir Sant’Ana da Silva, foi homenageada na quinta-feira (17.06) com o prêmio Professora Ruth Marques, concedido pelo Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (CEDM).

A indicação da delegada aposentada, considerada pioneira nas ações de enfrentamento à violência doméstica no estado de Mato Grosso foi realizada pela equipe da Delegacia da Mulher como uma homenagem não só ao trabalho desenvolvido por Miedir, mas também aos 35 anos de implantação da especializada. 

O Prêmio Estadual Ruth Marques Corrêa da Costa é concedido a mulheres que lutam e promovem a defesa dos direitos femininos em todas as esferas sociais e econômicas em Mato Grosso.

A iniciativa é realizada pelo Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (CEDM), que é vinculado a Secretaria Adjunta de Direitos Humanos da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc). A intenção enaltecer o trabalho das mulheres que, tanto no passado e no presente, realizam trabalhos que concretizem a luta pelos direitos femininos.

Todos os anos são reconhecidas duas mulheres, uma em vida e outra in memorian, que se destacaram no campo profissional ou pessoal e que fazem ou fizeram a diferença na vida de outras mulheres na perspectiva da defesa de direitos. As candidatas são selecionadas a partir de um edital publicado no Diário Oficial do Estado de Mato Grosso e aqueles que desejam podem encaminhar o currículo de suas respectivas  indicações.

Diante dos 35 anos da implantação da Delegacia de Mulher de Cuiabá, celebrado neste ano de 2021, a equipe da especializada apresentou o nome de Miedir para concorrer ao prêmio, unto a outras candidatas, as quais também possuem história de luta em prol dos direitos das mulheres.

Segundo a delegada da DEDM de Cuiabá, Jozirlethe Magalhães Criveletto, a escolha não foi fácil, uma vez que as demais candidatas também possuíam historias tão importantes quanto a de Miedir, 0orém o significado de suas iniciativas na implantação não somente da DEDM, como também da Casa de Amparo às mulheres vítimas de violência e a forma como atuou na época que não se tinha em Cuiabá, ações de grande vulto por parte do movimento de mulheres.

“Tudo isso fez de nossa candidata uma grande defensora dos direitos humanos das mulheres, quando, mesmo sem ter esse objetivo em mente, já trabalhava em prol da defesa da vida de cada uma das vítimas que batia à sua porta”, disse Jozirlethe

Miedir agradeceu a premiação e falou sobre a importância da atuação de todas que lutam em prol dos direitos das mulheres. “Quero me solidarizar com todas as concorrentes para dizer que a vitoria em si, consiste no reconhecimento de que cada uma que teve o nome indicado fez a diferença do exercício das atividades abraçadas”, destacou Miedir.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Autor de furto qualificado em residência é preso pela Polícia Civil em Várzea Grande

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem identificado como autor de um furto qualificado a residência foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na terça-feira (03.08), em trabalho realizados pelos policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG).

O furto ocorreu no período da tarde, no bairro Nova Várzea Grande, quando os suspeitos aproveitaram que a casa estava vazia para cortar a cerca elétrica e invadir a residência. Do local foram subtraídos diversos produtos, como televisores, notebooks, roupas e utensílios domésticos.

Quando a vítima retornou para casa, se deparou com os suspeitos dentro do imóvel e rapidamente acionou a Polícia Civil. Imediatamente após receber a comunicação dos fatos, os policiais da Derf-VG iniciaram as diligências conseguindo realizar a prisão de um dos autores do furto.

O suspeito foi conduzido à delegacia e após ser interrogado foi autuado em flagrante pelo crime de furto qualificado pelo arrombamento. Em checagem no sistema, foi verificado que ele possui passagens anteriores por furtos, cometidos principalmente no período da tarde, quando as vítimas estão trabalhando.

As investigações continuam para identificar o envolvimento do suspeito em outros furtos a residência na região.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Operação cumpre mandados contra alvos envolvidos no tráfico de drogas em Primavera do Leste

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil em Primavera do Leste deflagrou nesta quarta-feira (04.08) a operação Ordem Pública para cumprimento de nove mandados judiciais em uma investigação contra o tráfico de entorpecentes no município. Três investigados foram presos.

A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF) do município apurou uma denúncia recebida sobre um suspeito, que integraria uma organização criminosa, e estava comercializando drogas na cidade.

Conforme a investigação, os entorpecentes seriam enviados de Cuiabá para Primavera do Leste e guardados em uma residência situada no bairro são Cristóvão. Posteriormente, a drogas era distribuída em bares locais.

O trabalho investigativo realizado pela DERF apurou ainda que o suspeito gerencia o tráfico local associado a outras pessoas já conhecidas da polícia pela constante atuação na atividade ilícita, bem como são membros hierárquicos de uma facção criminosa.

Participam da operação 69 profissionais da Polícia Civil, Polícia Miliar, Polícia Penal e Corpo de Bombeiros com 20 viaturas.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Fiscal e contador tem 15 dias para pagar multa de R$ 317 mil em MT

Publicados

em

A juíza da Vara de Ação Civil Pública e Ação Popular do Tribunal de Justiça (TJMT), Celia Regina Vidotti, mandou o ex-gerente executivo de Fiscalização da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz-MT), Walter Cesar de Mattos, pagar uma multa de R$ 106,6 mil. O valor é referente a uma condenação no Poder Judiciário Estadual por um esquema de sonegação de impostos na Decorliz – uma rede de vendas em varejo de roupa, cama, mesa e banho, além de eletrodomésticos, localizada em Mato Grosso.

A decisão da juíza é do dia 26 de julho de 2021 e determinou, ainda, que o contador José Fortes pague R$ 111,3 mil, e o também ex-servidor da Sefaz-MT, Marcos Negri, o valor de R$ 100,3 mil. De acordo com o processo que tramita no Poder Judiciário Estadual, os três condenados são responsáveis pela fraude no recolhimento do imposto (ICMS).

Os condenados pela fraude tributária possuem 15 dias para quitar o débito. “Intimem-­se os requeridos, por seus advogados, para que, no prazo de 15  dias, efetuem o pagamento da sanção pecuniária de multa civil que, conforme cálculo apresentado pelo requerente, tem os seguintes valores: R$ 111.332,52, para o requerido José Fortes; R$ 106.676,59, para o  requerido Walter Cesar de Mattos e; R$ 100.360,06, para o requerido Marcos Negri, sob pena de incidir a multa de 10%”, determinou a magistrada.

Segundo informações da denúncia, a sonegação de impostos na Decorliz teve a participação de servidores da Sefaz-MT e também de um contador. “Assevera que as fraudes foram planejadas e executadas pelo contabilista José Fortes e ocultadas pelos fiscais de tributos estaduais Marcos Negri e Mara Lúcia Simões, os quais recebiam dinheiro da empresa para simular a realização de ações fiscais, prática conhecida com ‘segurança fiscal’, diz a denúncia, ao acrescentar “os requeridos Walter Cesar de Mattos e Luiz Claro de Melo, seriam os responsáveis por garantir que somente os fiscais integrantes do esquema fraudulento fossem designados a promoverem a fiscalização da empresa Decorliz Lar Center Ltda., por intermédio de ordens de serviços”.

Os autos revelam ainda que o esquema ocorreu no ano de 1997.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política

Polícia

GERAL

Mais Lidas da Semana