Geral

Déficit de atenção

Avatar

Publicados

em

Depois de dez anos de estudos, um discípulo achava que já podia ser elevado à categoria de mestre. Ao entrar na casa ele lhe perguntou: – Você deixou seu guarda-chuva e seus sapatos do lado de fora? – Evidentemente – respondeu o aprendiz. – é o que manda a boa educação e o nosso costume. Eu agiria dessa maneira em qualquer lugar. – Então, diga- me: você colocou o guarda-chuva do lado direito ou do lado esquerdo dos seus sapatos? – Não tenho a menor ideia – respondeu o rapaz.

E o professor disse com toda segurança: – Para ser mestre você precisa ter a consciência total do que faz. A falta de atenção pode destruir por completo a vida de alguém. Um pai que sai correndo de casa nunca pode esquecer um punhal ao alcance do seu filho pequeno. Um guerreiro que não olha todos os dias a sua espada terminará encontrando-a enferrujada quando mais precisar dela. Um jovem que se esquece de dar flores à namorada acaba por perdê-la. Hoje vivemos uma demanda de atividades superiores à nossa capacidade. Somos pais, mestres, aprendizes, profissionais de sucesso, amigos e voluntários em ações do bem. Em cada papel, uma função, em cada função, múltiplas necessidades e escolhas.

Tínhamos, em um passado próximo, dias para decidir algo importante, hoje a cada minuto temos algo crítico a definir. E, ao invés de atenção concentrada para fazer as melhores escolhas, somos interrompidos a cada minuto por alguém, um telefonema, uma mensagem instantânea. O problema é que após a abstração que traz essa interrupção levamos quase meia hora para retomar o ponto em que havíamos parado.
Outra dificuldade é o medo e a insegurança de ficar desplugados – do WhatsApp, e-mails, etc. – de sair fora da rede (web) e perder algo importante. Ocupamo-nos simultaneamente com algo prioritário e ficamos a escanear a periferia, para que, caso algo aconteça, não percamos a oportunidade. Lidamos com múltiplas frentes, de forma totalmente superficial, sem reflexão e profundidade.
Buscamos a eficácia, mas já não estamos focados naquilo que realmente interessa. O que nos rodeia afasta-nos da concentração e nos estimula a reagir. É quando um cliente – aquele que viabiliza tudo na empresa – liga e nós consideramos uma interrupção, um estorvo. A atenção é o nosso recurso mais escasso e valioso. É o nosso tempo – e não nosso dinheiro – a coisa mais preciosa que possuímos. Por isso, se não pudermos controlar o nosso tempo, busquemos o autodomínio de nossa ENERGIA.

Busque a concisão e a objetividade nas comunicações. Não se prenda às mil coisas que você vai ter que fazer em algum tempo futuro, mas à única coisa que você pode fazer agora. Se for um planejamento foque-se nele. Se for um estudo mire-se profundamente nele. E evite os “filmes mentais” projetando o futuro e outras necessidades mais, perdendo o poder da concentração no agora. Faça um planejamento de seus compromissos e de sua agenda. Crie espaços para diálogo, para telefonemas e principalmente momentos para produzir com atenção profunda. Quando tiver falando com alguém mire-se nesta pessoa e dê cem por cento de sua atenção a ela. Quando tiver analisando um relatório concentre-se nele integralmente.

Quando o indivíduo está concentrado em algo, envolvido, mergulhado profundamente no que está fazendo, é repousante, relaxante e faz a pessoa feliz. Pense nisso, mas pense agora!

Saulo Gouveia é consultor financeiro e organizacional e atua oferecendo novos significados para viver as virtudes em abundância.
www.saulogouveia.com.br

Comentários Facebook
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Stringueta: Bope-MT já teria achado serial

Avatar

Publicados

em

O delegado Flávio Stringueta fez uma publicação em seu perfil no Instagram na tarde deste sábado (19), em que afirma que os policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) de Mato Grosso já teria encontrado o serial killer Lázaro Barbosa, de 32 anos. Lázaro é suspeito de ter cometido vários crimes no Distrito Federal, incluindo a chacina de uma família, e em outros estados.

As polícias do DF e de Goiás montaram uma força-tarefa para encontrá-lo. Já são mais de 10 dias de buscas numa região de mata, sem sucesso em localizá-lo.

Comentários Facebook
Continue lendo

Geral

Crea-MT promove palestra para futuros engenheiros civis de Rondonópolis

Avatar

Publicados

em

 

O diretor-financeiro do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT), engenheiro civil André Luis Schuring realizou palestra Sistema Crea-MT, Confea, além de abordar sobre a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) dia 15 de junho para os acadêmicos do Curso de Engenharia da faculdade Fasipe do Rondonópolis.

“O Crea-MT é um órgão público de autarquia federal especial da administração indireta de abrangência nacional de instância máxima na regulamentação do exercício profissional, que zela pela ética profissional da engenharia, agronomia e geociências, fiscaliza o exercício e as atividades dessas modalidades, atendendo à sociedade e o profissional, além de registrar tabelas de honorários elaboradas pelas entidades de profissionais, sem fins lucrativos”, disse André.

O diretor-financeiro do Crea-MT disse ainda que é   fundamental levar ao conhecimento desses futuros engenheiros como é o funcionamento do Conselho. Na ocasião, falei sobre a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) e a Certidão de Acervo Técnico (CAT), habilitação, tramitação de processos, ética, leis entre outros assuntos. A ART é válida como garantia dos serviços prestados por profissional habilitado, alimenta acervo Técnico do Profissional e é imprescindível para fiscalização, definindo as responsabilidades entre as partes e garantindo os direitos autorais.

Ainda segundo o diretor-financeiro do Crea-MT, o encontro direcionado à Anotação de Responsabilidade Técnica tem o objetivo de atingir acadêmicos que estão prestes a se formar, e a importância da ART no início da vida profissional. Aproveitamos para explicar sobre o preenchimento da ART e alertar sobre possíveis irregularidades.

“O papel do Sistema é proteger a sociedade, confere atribuições, valorização do profissional, define as penalidades, de composições das Câmaras Especializadas e a estrutura organizacional, o plenário, Câmaras Especializadas, Comissões permanentes e especiais, bem como grupos de trabalho, presidência, diretoria e inspetorias. Expomos estatísticas, destacando a quantidade de profissionais registrados no sistema, que ultrapassa de 20 mil”, ressaltou Schuring.

O diretor-geral da Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea Mato Grosso (Mútua-MT), Adjane Prado, fez uma explanação sobre o funcionamento da Mútua-MT e o leque de benefícios oferecidos aos profissionais associados. “É importante destacar que os profissionais, uma vez que são inseridos no Sistema, têm uma série de benefícios, inclusive aqueles oferecidos pela Mútua. Como benefícios sociais, previdenciários e assistenciais, de acordo com sua disponibilidade financeira, respeitando o seu equilíbrio econômico-financeiro”, explicou Adjane.

Estiveram presente no encontro, o coordenador do Curso de Engenharia Civil da Fasipe, José Olavo Pio, a presidente da Associação Rondonopolitana de Engenheiros e Arquitetos (Area), engenheira florestal, Patrícia Brito e o conselheiro do Crea-MT e membro da Area, engenheiro agrimensor Fernando Munhoz.

Comentários Facebook
Continue lendo

Geral

Globo repudiou e criticou a fala preconceituosa de padre de MT

Avatar

Publicados

em

Jornal Nacional repercutiu o vídeo em que o padre Paulo Antônio Muller, da Paróquia Nossa Senhora Aparecida de Tapurah (a 414 km de Cuiabá), chamou os repórteres Erick Rianelli e Pedro Figueiredo, ambos da emissora, de “dois viados“.

 

Na reportagem, de quase 4 minutos, o JN citou o fato de o MPE ter aberto uma investigação para apurar os ataques homofóbicos e que os repórteres ganharam demonstrações de solidariedade nas redes sociais. Entre elas do padre Júlio Lancellotti, de São Paulo, que fez uma publicação em que lembrou que homofobia é crime.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política

Polícia

GERAL

Mais Lidas da Semana