fbpx

Várzea Grande

Comunidade do Sadia III recebe em maio “Mutirão Rural da Cidadania”

Publicados

em

Várzea Grande prepara mais uma edição do ‘Mutirão Rural da Cidadania’. O evento, que está sendo realizado na cidade pela sexta vez, vai retornar à comunidade do Sadia III com ações de cidadania e serviços à população concentrada na zona rural. A ação será realizada no próximo dia 4 de maio, na Escola Municipal de Educação Básica (EMEB), ‘Bianka Lorena da Rocha Capilé’, das 7h30 às 16h, e integra a programação alusiva aos 152 anos de Fundação de Várzea Grande.

Essa, que é a primeira edição do ano do Mutirão Rural de Várzea Grande, é coordenada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável em parceria com o Serviço de Aprendizagem Rural – Senar, e órgãos públicos do poder estadual. “Há quatro anos os mutirões rurais vêm sendo realizados pela prefeitura e seus parceiros,  possibilitando a presença efetiva do poder público na área rural com políticas e ações que viabilizem um modelo de produção sustentável e a oferta de serviços para pessoas que estão distantes do Centro e que dedicam a maior parte de sua rotina à produção de alimentos”, explica a secretária municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável, Helen Farias Ferreira.

A secretária reforça ainda que as populações rurais precisam de atenção especial quanto aos serviços sociais e de saúde e nessas localidades também se encontram pequenas propriedades da agricultura familiar às quais também precisam de assistência técnica especializada.

“Ações como esta em que os poderes públicos e entidades como o Senar se unem para levar cidadania a quem mais precisa, ajudam a melhorar a qualidade de vida nos locais e a universalizar serviços essenciais e promover a cidadania”, completou Helen. O Sadia III é uma comunidade antiga e de tradição na produção de alimentos, especialmente legumes e frutas.

Entre os serviços oferecidos estarão atividades esportivas com educador físico, atividades artísticas, palestras técnicas, emissão de carteira de trabalho e carteira do pescador, emissão de fotografia 3X4, emissão de Cadastro de Pessoa Física e carteira de identidade (segunda via), atendimento médico e odontológico, triagem de enfermagem, vacinação, vacinação de animais, teste rápido de HIV, glicemia e Hepatites B e C, confecção do cartão do SUS, cadastro do Bolsa Família e Bolsa Idoso, atividades recreativas para crianças, palestras educativas, orientações ao consumidor e orientações de trânsito, palestras sobre drogas, registro tardio (certidão de nascimento), divórcios amigáveis, pensão alimentícia, mudas de árvores nativas e frutíferas, e tudo que estiver relacionado à Justiça.

Além dos serviços de saúde e emissão de documentos, o mutirão irá atender outras necessidades da população da zona rural. Será feito um trabalho com as secretarias municipais de Serviços Públicos e de Viação, Obras e Urbanismo como patrolamento, encascalhamento, limpeza da área pública e retirada de entulhos e troca de lâmpadas.

Já foram realizadas, em Várzea Grande, outras edições do Mutirão Rural beneficiando o Sadia III, o Distrito de Bonsucesso, evento que contemplou também os moradores da Praia Grande e Pai André,  Capão Grande e Sadia I.

Por: Marianna Peres – Secom/VG

Comentários Facebook
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Várzea Grande

Várzea Grande libera vacina para idosos a partir de 81 anos

Profissionais de saúde que ainda não receberam a primeira dose devem se cadastrar para a imunização.

Publicados

em

Da Redação

A prefeitura de Várzea Grande está cadastrando idos a partir de 81 anos para recebimento da primeira dose da vacina contra o covid-19. O município recebeu do Governo do Estado, na última terça-feira (9), 1.800 doses do imunizante e segue as diretrizes do Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde.

Profissionais de saúde, empregados ou autônomos, que ainda não receberam a primeira dose devem se cadastrar para a imunização. Os que já foram vacinados receberão a segunda dose até o próximo domingo (14).

Para receber as vacinas, as pessoas deve se cadastrar no site oficial da vacinação em Várzea Grande, clicando aqui.

Comentários Facebook
Continue lendo

Várzea Grande

Metropolitano abre mais 10 leitos para pacientes com covid-19

Segundo a Secretária de Saúde, esta semana foram inaugurados 30 leitos de UTIs no Estado.

Publicados

em

Da Redação

O Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, abriu, nesta quarta-feira (10), 10 novos leitos de UTI para atender pacientes com covid-19. A unidade hospitalar é referência estadual no tratamento da doença. Com a ampliação, o hospital passa a contar com 80 leitos de UTI e 178 de enfermaria.

“Esta semana disponibilizamos 10 novos leitos de UTI no Hospital Estadual Santa Casa e outros 10 no São Lucas, em Primavera do Leste. Hoje, entregamos mais 10 leitos no Hospital Metropolitano. São 30 novos leitos de UTI para pacientes do SUS”, declarou o secretário estadual de saúde Gilberto Figueiredo.

A Secretaria estuda a ampliação de leitos em Cáceres, Rondonópolis, Sinop, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum e Alta Floresta.

“Essas ampliações são necessárias para que possamos ficar numa situação menos desconfortável e ter leitos de UTI suficientes para caso haja o agravamento da pandemia”, disse Figueiredo.

Na última terça-feira (09.02), Mato Grosso registrou 73,6% de ocupação das UTIs públicas referenciadas para o tratamento da Covid-19. Pelo Sistema Único de Saúde (SUS), restam 108 leitos de Terapia Intensiva disponíveis em todo o Estado; as vagas são exclusivas para o atendimento de pacientes com novo coronavírus.

Comentários Facebook
Continue lendo

Várzea Grande

Surto de Covid fecha Câmara de Várzea Grande

Três servidores testaram positivo para a doença.

Publicados

em

Da Redação

A Câmara Municipal de Várzea Grande suspende as atividades administrativas e parlamentares na Casa de Leis, devido  três servidores testarem positivos para a Covid 19. A publicação da medida será feita nesta quarta-feira (10) no Jornal Oficial dos Municípios (AMM).

“Suspender as atividades presenciais, incluindo o atendimento ao público por sete dias, devendo as atividades serem realizadas em home office e tele-bralho”, é destacado na publicação.

O presidente da Casa de Leis,  o vereador Fábio José Tardin – Fabinho (DEM), relata que a medida é para proteger a saúde dos demais servidores e munícipes

“Infelizmente tivemos estes casos dentro da Câmara, porém, quero pedir para que os demais trabalhadores se cuidem, higenize as mãos, evitem aglomerações e usem máscaras. Todas as medidas preventivas foram tomadas, inclusive com desinfecção de ambiente,  mas o servidor pode se contaminar fora do Legislativo.  Por isto, estamos suspendendo os trabalhos para evitar de termos uma propagação interna”, destaca o vereador.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política

Polícia

GERAL

Mais Lidas da Semana