fbpx

Política MT

Claudinei alerta Eduardo Bolsonaro sobre atuação de facções na fronteira com a Bolívia

Publicados

em

Deputado do PSL aproveitou a participação em evento agropecuário, na cidade de Primavera do Leste (MT), para discutir a segurança pública

Com a quinta edição da feira de agronegócio “Farm Show”, em Primavera do Leste (MT), no último dia 4, o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) prestigiou o evento – promovido pelo Sindicato Rural do município – que visa integrar importantes setores ligados ao setor agropecuário. Também, estiveram presentes os deputados federais Eduardo Bolsonaro (PSL – SP), Nelson Barbudo (PSL – MT), José Medeiros (Pode – MT), entre outras autoridades.

Além da troca de informações com presidente do Sindicato Rural, José Nardes, sobre a feira que é considerada uma das 50 maiores do país que proporciona aos produtores do campo o acesso às novidades tecnológicas que favorecem o aumento do potencial produtivo e econômico da região, os parlamentares aproveitaram a oportunidade para discutir assuntos relacionados ao cenário atual da política em Mato Grosso e no Brasil.

Segurança Pública – Delegado Claudinei que foi considerado o quinto parlamentar mais votado no estado de Mato Grosso, apresenta um perfil político bem próximo ao de Eduardo Bolsonaro que foi reeleito em 2018 para a Câmara dos Deputados, sendo considerado o mais votado na história do país.

As propostas de ambos parlamentares no setor da segurança pública são bem correlatas quando o assunto é referente a redução da maioridade penal, fim do auxílio reclusão para presos, trabalho obrigatório para presos para remição da pena e o fim do indulto de Natal. Eles que são advogados por formação e exerceram atividades na segurança pública, sendo que Eduardo na esfera federal e Claudinei na civil possuem uma visão clara da realidade enfrentada pelos policiais para atender com êxito os trabalhos em prol da sociedade.

No encontro, Delegado Claudinei pontuou ao parlamentar federal sobre uma de suas principais preocupações no Estado, referente aos crimes dentro das penitenciárias que intensificam a atuação de organizações criminosas, em que é preciso a implantação de bloqueadores de celulares e detectores de metais no sistema prisional.

Crimes na fronteira – Outro ponto preocupante levantado pelo deputado estadual para Eduardo foi sobre a necessidade de intensificar a segurança na fronteira de Mato Grosso e Bolívia devido a entrada e saída de entorpecentes, como, também, veículos roubados e furtados – principalmente caminhonetes a diesel. “É preciso uma tratativa interna, para nos ajudar a articular essa situação junto com o Ministro da Justiça e, até mesmo, com o próprio presidente da República, Jair Bolsonaro. O foco é fortalecer a segurança com as forças armadas do Exército, como, também, da Força Aérea Brasileira (FAB). Acho importante, para diminuir a entrada de cocaína por via aérea com estes aviões clandestinos de crimes organizados”, pontua o parlamentar.

Delegado Claudinei esclarece que alguns dos veículos roubados e furtados no Brasil, chegam a serem trocados por drogas no país boliviano. Ele avalia ser de suma importância às tratativas entre os dois países. “Então, é uma questão de forçar as parcerias entre o exército, aeronáutica e as instituições de segurança pública”, ressalva.

Eduardo Bolsonaro diz que há várias medidas a serem aplicadas diante das situações apontadas por Claudinei e que se coloca à disposição para avaliar a melhor forma de solucionar estas problemáticas no setor da segurança. “O Delegado não só falou sobre a fronteira, como, também, do setor penitenciário que as facções criminosas comandam no Mato Grosso, uma realidade vivida no país inteiro. O que podemos fazer para isso? Temos Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública), temos o Sérgio Moro… Enfim, várias medidas que podem ser tomadas”, posiciona o deputado federal.

Claudinei considera que o encontro foi de grande valia, pois a sua gestão não caminha de forma isolada e, sim, aliada junto ao governo da presidência da República para fortalecer o PSL e para que as reivindicações da população mato-grossense sejam atendidas.

Comentários Facebook
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Politica

Falta de articulação do PT de MT é criticada por Lúdio

Publicados

em

O deputado estadual Lúdio Cabral (PT) criticou a falta de protagonismo do Partido dos Trabalhadores em Mato Grosso diante das articulações para a construção de uma chapa de oposição ao governador Mauro Mendes (União) nas eleições de 2022.

Na avaliação do parlamentar, faltou iniciativa da legenda, que, no Estado, é comandada pelo deputado estadual Valdir Barranco. “Aqui em Mato Grosso faltou iniciativa do PT para construir uma candidatura de oposição. Em política não existe espaço vazio, se alguém não ocupa o espaço que é seu, alguém vai ocupar”, disse durante entrevista ao vídeo cast Sem Moage.

Na avaliação do parlamentar, faltou iniciativa da legenda, que, no Estado, é comandada pelo deputado estadual Valdir Barranco. “Aqui em Mato Grosso faltou iniciativa do PT para construir uma candidatura de oposição. Em política não existe espaço vazio, se alguém não ocupa o espaço que é seu, alguém vai ocupar”, disse durante entrevista ao vídeo cast Sem Moage.

As criticas tem como pano de fundo as movimentações para a construção das chapas majoritárias. Isso porque há menos de 2 semanas para o fim das convenções partidárias, a federação o qual o PT faz parte junto com o PV e PC do B, não conseguiu consolidar uma chapa sólida para ingressar na disputa contra a atual gestão do Palácio Paiaguás.

Sem encontrar um nome expressivo para lançar ao pleito, o grupo analisa lançar o nome da primeira-dama, Márcia Pinheiro, como candidata ao governo.

O nome de Márcia tem sido articulado pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), após senador Carlos Fávaro e a ex-reitora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Mária Lúcia, declinarem da disputa. Conforme noticiou o , na avaliação de Lúdio, a falta de liderança da Executiva Estadual do PT nas discussões tem dado brecha para que Emanuel – mesmo não fazendo parte do grupo – interfira nas discussões da federação.

“Por que o Emanuel fica falando em nome da federação sendo que ele não está filiado a nenhum partido que integra o grupo? … Não pode ser alguém que não é da federação, ficar falando em nome da federação”, finalizou.

Fonte: Gazeta Digital

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Moisés Franz foi confirmado como candidato ao Governo de MT pelo PSOL

Publicados

em

A federação composta pelos partidos Psol e Rede realizou sua convenção na terça-feira (26) e lançou Moisés Franz como candidato ao Governo do Estado.

 

Franz, que terá como vice-governador Franq Silva, está disputando pela segunda vez um mandato no Palácio Paiaguás.

 

Em 2018, ano em que Mauro Mendes (União Brasil) se elegeu, o candidato ficou em último lugar na votação. Ele recebeu 14.724 votos, totalizando 1,03%.

 

Além de Franz, a federação também lançou o nome do Procurador Mauro para concorrer a uma cadeira na Câmara Federal.

Em 2020 o procurador anunciou que seria candidato a deputado federal após ser derrotado nas urnas na eleição suplementar ao Senado.

 

Esta será a nona vez que ele tenta um cargo político. Ele já se candidatou ao Senado três vezes e disputou eleições para a Prefeitura de Cuiabá, Câmara Federal e Governo do Estado, chegando a anunciar, tempo depois, que não mais participaria de pleitos eleitorais.

 

Confira a lista completa dos candidatos:

 

Governador: Moisés Franz

Vice-Governador: Franq Silva

Senador: José Roberto de Freitas Cavalcante

1º Suplente: Vanderley da Guia

2º Suplente: Manoel Antonio de Melo

 

Deputado estadual

 

Elisângela do Espírito Santo Silva

Antônio Carlos de Jesus Fernandes

Jocimar Boone Wagner

Andrea Jeneffer de Campos Oliveira

Efrain de Souza Castilho Sobrinho

Gonçalo Mendes da Silva

Janaína Lima dos Santos

Paulo Roberto Freire

Miguel Costa de Sousa

Alexandre Pinto Liberatti

Rafael Vieira Mendes

 

Deputado federal

 

Mauro César Lara de Barros (Procurador Mauro)

Julian Tacana

Milton Dantas de Oliveira

Lidiany Sena

Gonçalina de Melo

Carlos Caiapó

Cristiane Laura de Souza

Bianca Nardes Pause

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

4 pré-candidatos de MT são apoiados por colecionadores de armas

Publicados

em

Quatro pré-candidatos de Mato Grosso são apoiados por Colecionadores de Armas, Atiradores e Caçadores (CACs) e pela Associação Proarmas na disputa eleitoral deste ano. O grupo pretende criar uma bancada no Congresso Nacional e fundar um partido a partir de 2023.

A informação é do jornal Estadão, que traz a pré-candidata a deputada federal, Amália Barros, e o pré-candidato ao Senado, Antônio Galvan (PTB), aparecem na lista dos 34 candidatos apoiados por CACs de todo o país.

Já os candidatos apoiados pela Associação Proarmas são o deputado estadual Gilberto Cattani (PL) e o vereador de Cuiabá, Marcos Paccola, pré-candidato a deputado estadual pelo Republicanos.

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Política

Polícia

GERAL

Mais Lidas da Semana