fbpx

Cuiabá

Barrada convocação do secretário da SEMOB para explicar demora na licitação do transporte coletivo

Publicados

em

O vereador Dilemário Alencar (PROS) apresentou nesta terça-feira (11) requerimento para convocação do secretário de Mobilidade Urbana de Cuiabá, Antenor Figueiredo, com o intuito de obter explicações sobre o motivo da demora da Prefeitura de Cuiabá quanto ao lançamento do edital de licitação do transporte coletivo.
“Apresentei o pedido de convocação porque mais uma vez a Prefeitura, através da SEMOB, adiou a promessa de publicar o edital de licitação do transporte coletivo. Aliás, o lançamento do edital estava na programação dos eventos de comemoração dos 300 anos de Cuiabá. Era necessário convocar o secretário para explicar essa situação, pois falta menos de 60 dias para vencer o prazo de realização da licitação”, explicou Dilemário.
Contudo, a convocação foi rejeitada pela maioria dos vereadores que compõem a base do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), sob o argumento de que o secretário Antenor comparecerá à Câmara Municipal através de um convite do líder do prefeito, vereador Luís Cláudio (PP).
“Transformar a convocação em um convite foi uma clara manobra dos vereadores que apoiam o prefeito Emanuel Pinheiro para blindar o secretário da SEMOB, que vem fazendo uma péssima gestão na área de mobilidade urbana. Lamento essa decisão, pois se a maioria dos vereadores aprovassem a convocação, o parlamento daria um recado claro de que os vereadores não vão aceitar essa embromação na realização dessa importante licitação”, pontuou Dilemário.
A última licitação de concessão do transporte coletivo foi realizada pela Prefeitura de Cuiaba há 17 anos, em 2002. Ela começou a vigorar em 2004, pelo período de 10 anos. Em 2014, a Prefeitura prorrogou a atual licitação por mais 5 anos, ou seja, até junho de 2019.
“O prazo da realização da licitação está vencendo, mas nada de publicação do edital, o que leva a entender que essa demora pode beneficiar as atuais empresas, seja pelo exíguo tempo que falta ou com a uma nova prorrogação dos atuais contratos de concessão. O Ministério Público também deve ficar de olho nessa situação”, cobrou Dilemário.
Foram contrários à convocação do secretário da Semob os vereadores: Vinicyus Hugueney (PP), Adevair Cabral (PSDB), Sargento Joelson (PSC), Chico 2000 (PR), Dr. Xavier (PTC), Adilson Levante (PSB), Juca do Guaraná (Avante), Renivaldo Nascimento (PSDB), Marcrean Santos (PRTB), Mario Nadaf (PV), Justino Malheiros (PV), Luis Claudio (PP) e Toninho de Souza (PSD).
Os que votaram a favor da convocação foram: Dilemário Alencar (PROS), Orivaldo da Farmácia (PRP), Abilio Junior (PSC), Diego Guimarães (Progressistas), Felipe Wellaton (PV), Marcelo Bussiki (PSB) e Wilson Kero Kero (PSL). Já os vereadores Lilo Pinheiro (PRP) e Clebinho Borges (DC) se abstiveram.
Gabriel Soares | Assessoria de Gabinete

Imprimir Voltar Compartilhar:  

Comentários Facebook
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cuiabá

Mais de 1,5 mil famílias do Jardim Presidente II serão beneficiadas com obra de pavimentação

Publicados

em

Preparando Cuiabá para o futuro, em especial, por meio do investimento maciço no setor de infraestrutura urbana. Esse tem sido o olhar da Prefeitura de Cuiabá nos últimos anos e é o que comprova o lançamento das obras de pavimentação asfáltica do bairro Jardim Presidente II, realizado na nesta sexta-feira (13), pelo prefeito Emanuel Pinheiro. 

Mais de 1,5 mil famílias que vivem na comunidade serão beneficiadas com as melhorias na malha viária, que integram também, rede de drenagem de águas pluviais, meio-fio e calçadas. Os trabalhos estão previstos para ter início no mês subsequente, atendidos pelo programa ‘Minha Rua Asfaltada’, alcançando mais de quatro quilômetros de vias. 

Em seu discurso, o Chefe do Executivo Municipal, salientou os impactos grandiosos que serão conquistados através dos serviços, como por exemplo, na garantia do bem-estar coletivo e melhoria na qualidade de vida. “Aqui tem pessoas que dedicaram toda uma vida e merecem um envelhecimento digno, ao ver o asfalto passando na porta de suas residências. Foi por isso que eu determinei ao Stopa prioridade aqui. Será uma obra de qualidade, padrão de nossa gestão, valorizando os imóveis e a vida das pessoas. Vamos manter o respeito aos idosos, trabalhadores, ou seja, aqueles que fizeram muito por nós, devolvendo em trabalho, acolhimento e dedicação tudo que nos ofertaram. Não se faz omelete sem quebrar os ovos e em breve os maquinários estão aqui a todo vapor”, disse o gestor. 

O presidente do bairro, José Rogério Santos e residente há mais de 30 anos, aproveitou a oportunidade para citar algumas das benfeitorias concedidas pela Prefeitura de Cuiabá em prol da região. Dentre as que mais se destacam, está a implantação da sinalização viária e iluminação pública. “Vivo aqui há muito tempo e hoje posso dizer que estamos realizando um sonho, graças a uma gestão humanizada, moradores que aguardavam ansiosamente por essa qualidade de vida. Somos muito gratos por tudo que o prefeito Emanuel Pinheiro fez e vai continuar fazendo por nós. Não temos palavras para agradecer”, externou. 

O vice-prefeito e secretário de Obras, José Roberto Stopa, reforçou que o compromisso firmado entre o poder público e os cidadãos será cumprido à risca. “A partir de setembro, toda nossa equipe estará aqui e vamos ter muitos buracos sendo cavados, para que possamos fazer um asfalto de excelência. Peço a compreensão de todos aqui referente ao andamento das atividades, que serão revertidas em boas ações”, frisou. 

Representando o parlamento cuiabano, o vereador Marcrean Santos, pontuou a força do movimento comunitário na interlocução de iniciativas como estas. “Fui presidente de bairro por muitos anos e sei da luta de todos. Hoje temos um prefeito que pensa no povo, naqueles que mais precisam, aplicando com responsabilidade os recursos em diversas áreas, atendendo os mais humildes. Meus parabéns ao Jardim Presidente II”, declarou. 

Estiveram presentes, o secretário de Governo, Luis Cláudio Sodré, secretário-adjunto de Obras, Rauf Macedo,  secretário-adjunta de Obras, Silvia Andreatto, secretário de Ordem Pública, Leovaldo Sales, secretário de Habitação e Regularização Fundiária, Leonardo Leão, vereador Cezinha Nascimento e demais lideranças comunitárias e religiosas. 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Prefeito Emanuel Pinheiro concede área para abrigar sede do grupo Flor de Atalaia

Publicados

em

O prefeito Emanuel Pinheiro, o vice-prefeito José Roberto Stopa, e o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Aluízio Leite, se reuniram na tarde desta sexta-feira (12), com representantes da Associação do Grupo de Siriri Flor de Atalaia, no Salão Nobre do Palácio Alencastro.
Na ocasião, o chefe do Executivo Municipal assinou o contrato de concessão de direito real de uso de imóvel público, firmado entre o Município de Cuiabá e o grupo Flor de Atalaia, por meio da Lei nº 6.793/22.
A área com mais de 600 m², localizada no bairro Parque Atalaia, deve abrigar a sede da entidade para dar continuidade a realização dos projetos socioculturais do grupo por 20 anos, sendo permitida a prorrogação do contrato por igual período. 
“O grupo Flor de Atalaia é uma instituição genuinamente cuiabana do siriri e do cururu, de um resgate cultural que passa de mãe para filho. Vou poder eternizar agora a sede do grupo com a concessão de uso dessa área. Cuiabá é uma cidade que tem uma expressão cultural que pouquíssimas no país possuem e o Flor de Atalaia faz parte disso. Então, a Prefeitura de Cuiabá estará sempre de portas abertas para incentivar e valorizar a cultura cuiabana”, destaca o prefeito. 
“Sem dúvida nenhuma, quando você valoriza a cultura local, você tira crianças da rua, crianças que poderiam estar se envolvendo com drogas e outras atividades ilícitas. Então, a cultura ao mesmo tempo que resgata e preserva a nossa história, também traz uma série de outros benefícios e a gestão Emanuel Pinheiro sempre tem primado pela valorização e respeito pela nossa cultura”, acrescenta Stopa. 
O secretário Aluízio Leite também destaca que um dos principais objetivos da gestão Emanuel Pinheiro é valorizar a cultura local. “Há uma determinação do prefeito Emanuel Pinheiro para que possamos sempre apoiar a cultura local. Exemplo disso, é que em setembro teremos o Festival de Siriri, com investimento de recursos e grande expectativa de público. Então, quero dizer que nós valorizamos todas as atividades culturais e estamos aqui para incentivá-los”, disse Leite. 
Para a presidente do Flor de Atalaia, Cristina Zuita, a conquista do espaço para construção da sede representa a realização de um sonho. “Estamos muito gratos, após cinco anos de luta para a conquista desse espaço. Na nossa comunidade o grupo Flor de Atalaia consegue agregar jovens e crianças em torno da cultura. Por isso, sempre digo que o nosso trabalho é sociocultural. Sou moradora do bairro há mais de 40 anos, vi a comunidade crescer e hoje estou proporcionando que ele tenha um grupo como esse. Quero agradecer a todos que fizeram parte dessa história e dizer que estou muito feliz por finalmente ter chegado esse dia. Como sempre digo, não há vitórias sem lutas”, agradece. 
Também estiveram presentes o secretário de Governo, Luís Cláudio Sodré, o vereador Marcrean Santos, e representantes da equipe técnica da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer. 
FLOR DE ATALAIA
O grupo de Siriri Flor de Atalaia nasceu no bairro Parque Atalaia e, com apenas oito anos de existência, vem se consagrando levando a cultura cuiabana em competições por todo o país. Recentemente, o Flor de Atalaia conquistou o 1º lugar no Festival de Dança de Joinville, na categoria “Danças Populares Brasileiras”.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Falta de Coronavac impede início de vacinação contra Covid de crianças de 3 e 4 anos em Cuiabá

Publicados

em

Em 13 de julho a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou o uso emergencial da vacina Coronavac em crianças de 3 e 4 anos de todo o território brasileiro. Cerca de uma semana depois, o Ministério da Saúde divulgou uma Nota Técnica com as orientações sobre a vacinação deste grupo e os municípios que ainda possuíam estoques de Coronavac deram início à imunização das crianças.

Em Cuiabá não foi possível começar a imunização desta faixa etária, visto que a capital não tem mais doses do imunizante. “A última remessa de Coronavac que Cuiabá recebeu foi em 12 de julho, num total de apenas 500 doses. Elas foram usadas para completar o esquema vacinal das crianças acima de 5 anos que já tinham tomado a primeira”, explicou Valéria de Oliveira, coordenadora da Vigilância Epidemiológica.

Valéria revelou que a capital mato-grossense ainda possui estoque de Pfizer pediátrica, para crianças de 5 a 11 anos. “A vacinação das crianças começou em janeiro deste ano e ainda assim não conseguimos alcançar 50% grupo de 5 a 11 anos com a primeira dose. O grupo de 5 a 11 anos em Cuiabá é composto por 60.659 crianças e foram vacinadas 47,5% com a primeira dose e 28% com a segunda”, comentou.

A coordenadora disse que, tão logo Cuiabá receba as doses de Coronavac, a vacinação das crianças de 3 e 4 anos terá início. “Atualmente temos 13 locais de vacinação infantil, espalhados por todas as regionais da cidade, inclusive na regional rural. Assim que recebermos a Coronavac, começaremos imediatamente a imunização deste grupo. Aproveito para pedir que os pais que não levaram ainda suas crianças a partir dos 5 anos para receber a dose da vacina, que o façam o quanto antes. As vacinas são seguras e graças a elas estamos vencendo a pandemia”, concluiu.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política

Polícia

GERAL

Mais Lidas da Semana