Cuiabá

‘Assusta dizer que BRT  custará  R$470 milhões sem projeto executivo’, avisa secretário de Mobilidade Urbana 

Avatar

Publicados

em


Gustavo Duarte

Clique para ampliar

Durante a Audiência Pública Integrada, que  tratou sobre a mudança do modal Veículo Leve sobre Trilhos (VLT)  para o  Ônibus de Transporte Rápido (BRT) – realizada na Câmara de Cuiabá, o secretário de Mobilidade Urbana e presidente do Comitê de Análise Técnica para Definição do Modal de Transporte Público da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá, Juares Samaniego, disse ter ficado assustado com a ideia do Governo do Estado em querer gastar R$ 470 milhões na implantação do BRT – sem um projeto executivo . 

“Como engenheiro, o que me assusta muito em  uma apresentação de um grupo de trabalho (GT) na  consulta pública do Estado de Mato Grosso, onde um profissional falar de obra de engenharia no valor de R$ 470 milhões não precisa de projeto  executivo ? O  primeiro erro cometido  nessa discussão a favor do BRT  foi a comparação do modal.  Conforme informações dos fabricantes, o VLT tem vida útil  de 30 anos e o BRT de  15 anos. Eles apresentaram que o valor é de R$35 milhões para 54 ônibus. Mas não, o valor é R$ 142 milhões. Isso é falta de estudo de viabilidade. Só aí já tem uma diferença de R$110 milhões. A bateria do ônibus de até 8 anos de vida e 3 trocas fica em 15 anos , são mais de R $58 milhões. No final, o custo, se você for comparar a vida útil, chutando vai ser de  820 milhões. Para concluir, a obra do VLT  é de  R $400 milhões.  É  diferente comparar um modal que tem projeto e outro não tem. Quero parabenizar a audiência,  mesmo que o representante do Governo Rafael Detoni, tenha reclamado dos 6 minutos. Mas quero lembrar que a audiência do Governo só durou 2 minutos e ainda, com séries de problemas na trasmissão”,  pontuou. 
Jean Pejo, que é ex-secretário de Mobilidade, Silvia Cristina Silva – presidente da Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Metrô (Anptrilhos) , durante sua fala destacou 3 pilares para que a Capital não implante o BRT – “São três aspectos fundamentais para balizar –  estamos em 2021 e não 2012, e temos um sistema com 70% executado e o outro que não tem projeto E  terceiro ponto, para o engenheiro, uma obra sem projeto é o mesmo que o médico fazer cirurgia no escuro. Tenho notado muito que o tema VLT está se discutindo como se estivéssemos em 2011 – estamos em 2021. Foram investidos valores significativos oriundos do FGTS – do trabalhadorbrasileiro. E quando o trabalhador era do conselho curador, foi aprovado o VLT. É por essas razões, porque existem normativas  que não permitem a mudança do objeto. Tenho batido muito na falta de projeto executivo.  Nós, engenheiros, não podemos ter ideia de um empreendimento sem projeto. Isso está na lei brasileira,  a lei de licitações pede isso. Como vou discutir se eu não tenho o projeto da estrutura?  As decisões estão sendo tomadas em números simbólicos, sem precisão. E  desde 2018 – exige-se no governo federal, o projeto executivo – existem tantas judicialização por causa desse erro. Sem isso, o recurso público não será bem aplicado”, comentou ele. 
O presidente da Casa de Leis, vereador Juca do Guaraná Filho (MDB), reiterou que o Legislativo cuiabano deveria ter sido ouvido no processo de mudança do modal de mobilidade urbana,  “Essa audiência pública vai muito além do que tratar de mudança de modal do VLT para o BRT, vai de ouvir a população cuiabana e várzea-grandense, ouvir pessoas que de fato vão usar o transporte coletivo para ir ao trabalho, para ir ao colégio, ao médico, essas pessoas precisam ser ouvidas, mas a Câmara de Cuiabá sequer foi ouvida. Quando assumi a presidência desta Casa solicitei uma audiência com o governador Mauro Mendes para tratar sobre o assunto, mas a audiência foi marcada quatro meses depois. Queremos mais informações da mudança do VLT para o BRT”, destacou.
Coordenador do Movimento Pro-VLT, o economista Vicente Vuolo , parabenizou o debate ao qual ele classificou por  “democrático” e lamentou que o  Governo queira “jogar o VLT” no lixo depois de um investimento bilionário. 
“Esse debate aqui,  é uma verdadeira audiência pública. E não aquilo que o Governo fez. Uma  farsa, impedindo as pessoas  de participarem – isso é o que o governador quer, jogar no lixo, toda a obra do VLT, que foram investidos R$ 700 milhões no  centro de operações , e ainda, paga 4 milhões  mensal até o ano de 2047. Ele tem 40 vagões e  trilhos  prontos- tudo isso, ele [Mauro Mendes] quer jogar no lixo”, criticou. 
A audiência foi solicitada pelo  vereador Sargento Vidal , que,  citou a audiência de hoje como um grande debate. ”  Foram levantadas questões que ainda persistem sem respostas suficientemente claras, sobre uma das principais obras que fizeram parte de uma série de realizações que visavam preparar Cuiabá para receber a Copa do Mundo de 2014 – O  que vale nessa audiência é esclarecer a verdadeira opinião da população. Desde o início desta obra, nenhuma autoridade quis  ouvir a população e o objetivo é esse dar voz ao povo”, concluiu. 

Comentários Facebook
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cuiabá

Crianças assistidas pelo Programa Criança Feliz recebem vídeos interativos relacionados à Festa Junina

Avatar

Publicados

em


A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência realizou, na última sexta-feira (18), uma programação especial para as famílias beneficiárias do Programa Criança Feliz. Com o objetivo de lembrar as tradicionais festas juninas, realizadas sempre no mês de junho. Os colaboradores criaram um cenário festivo e alusivo ao tema, com música, coreografia, figurino, decoração e comidas típicas. Foram montados vídeos interativos pelas equipes técnicas dos Cras Jardim Araçá, CPA, Jardim União, Pedregal, Planalto, Pedra 90 e Nova Esperança e entregues para as famílias.

As atividades do Programa estão sendo realizadas de forma remota para evitar a aglomeração de pessoas, contribuindo para a não propagação do Covid-19. “As famílias receberam os vídeos com muita alegria e emoção e fizeram as atividades com suas crianças. Pensamos nessa atividade temática para o fortalecimento do vínculo familiar com alusão ao tema tão típico em nossa sociedade, que é a festa junina”, disse a coordenadora do Programa Criança Feliz, Michelle Machado.

O evento faz parte do planejamento estratégico da Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, que vem desenvolvendo várias atividades no decorrer do mês de junho, com temas importantes para a implementação da política da assistência social na capital.

Mesmo diante da pandemia do coronavírus, a Secretaria mantém as ações diferenciadas, apesar das atividades coletivas, realizadas nos Centros de Referência de Assistência Social- Cras e Centros de Convivência de Idosos- CCI’s, estarem suspensas.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Prefeitura dá continuidade às discussões para definição de Eixos Temáticos da Agenda 2030

Avatar

Publicados

em


Davi Valle

Clique para ampliar

A Prefeitura de Cuiabá renovou o compromisso em continuar promovendo ações que contribuam para efetivação da cultura do planejamento na gestão municipal.  O prefeito Emanuel Pinheiro assinou no mês de maio desse ano, o Termo de Adesão ao Programa de Desenvolvimento Institucional Integrado (PDI) do Tribunal de Contas do Estado (TCE). A partir da assinatura, foi dado início ao processo de Realinhamento do Plano Estratégico para o período de 2021/2030- Agenda 2030.

Cuiabá é signatária do Pacto Global da ONU sendo esse uma iniciativa que fornece diretrizes para a promoção do crescimento sustentável e da cidadania, por meio de lideranças comprometidas e inovadoras. Os últimos encontros foram realizados no decorrer da semana, de forma remota para evitar aglomeração de pessoas.

A Agenda Cuiabá 2030 propõe a reconstrução e revisão do Mapa Estratégico para a próxima década. Dentro da dinâmica do planejamento, é fundamental que a Identidade Organizacional seja traduzida na abrangência dos objetivos para cada ano, nos mais diversos programas e projetos a serem implantados e implementados, o que demonstra a estratégia da atual gestão.

“A agenda 2030 para uma Cuiabá possibilitará o melhor atendimento, na busca dos melhores Resultados, que transforme, cada dia mais, numa Cuiabá melhor para se viver. Temos um compromisso renovado com a população cuiabana”, ressaltou o prefeito Emanuel Pinheiro.

Encontros semanais foram realizados com a presença dos secretários, adjuntos e coordenadores das Secretarias para validação dos Eixos Temáticos construídos seguindo as vértices do programa Cidades Sustentáveis, interligados aos objetivos do Desenvolvimento Sustentáveis-ODS, no Pacto do Milênio.

“Para a efetiva redefinição, se fez necessário contemplar as intenções do Plano de Governo (2021-2024), as demandas dos Conselhos de Políticas Públicas, as metas previstas para os próximos dez anos, bem como as metas contidas no Pacto do Milênio, onde figuram os indicadores contidos nos objetivos do desenvolvimento sustentável, traduzidos em Objetivos, Indicadores e Metas previstas para atender o novo PPA (2022-2025)”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro.

Silvina Maria dos Anjos, representante da Assessoria Especial de Planejamento do Município (ASPLAN) lembra que foram muitas etapas do projeto de realinhamento das ações e projetos para elaboração da Agenda 2030- Desenvolvimento Sustentável na Gestão Emanuel Pinheiro. Foram feitas análises dos diagnósticos, os indicadores atuais do Executivo Municipal e os indicadores estabelecidos no Pacto Global da Agenda 2030. Lembrando também da importância de avaliar os cenários tanto positivos como os negativos.

Os eixos temáticos do Pacto Global são Governança, Bens Naturais Comuns, Equidade, Justiça Social e   Cultura de Paz, Gestão Local para a Sustentabilidade, Planejamento e Desenho Urbano, Cultura para a Sustentabilidade, Educação para a Sustentabilidade e Qualidade de Vida, Economia Local Dinâmica, Criativa e Sustentável, Consumo Responsável e Opções de Estilo de Vida, Melhor Mobilidade Menos Tráfego, Ação Local para a Saúde e Do Local para o Global.

“Com base nesses temas foram definidos os eixos de desenvolvimento que o plano vai ter, porque as secretarias têm que trabalhar a transversalidade. Para cada eixo devem ser definidos os indicadores, para cada conjunto de indicadores as metas para 2030. No entanto, serão definidas também as metas para 2024, encerramento da gestão Emanuel Pinheiro”, acrescentou Silvina.

Quem integra o grupo, também assume a responsabilidade de contribuir para o alcance dos 17 Objetivos do Desenvolvimento do Sustentável (ODS), que fazem parte da Agenda 2030, criada pela ONU, organizadas em 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável –ODS.

As ações relacionadas ao Pacto Global da ONU e a integração dos ODS, são conduzidas pelo Centro de Inteligência de Desenvolvimento Sustentável da Prefeitura de Cuiabá, em parceria com a ASPLAN e demais secretarias. “Estamos trabalhando diariamente, buscando sempre a integração dos projetos de Desenvolvimento Sustentável do município e reportar às instituições envolvidas as ações que o município desempenha e que vão ao encontro das prerrogativas dos nossos acordos e pactos internacionais”, ressaltou o gestor de Desenvolvimento Sustentável da Prefeitura, Alex de Deus.

O próximo passo será, a partir dessa semana, cada secretaria irá definir as metas para 2030 e as respectivas iniciativas estratégicas que serão propostas – nesse período. Será elaborado um mapa da desigualdade, energia e clima de Cuiabá. Já na primeira semana de julho serão feitas reuniões estratégicas, por regional para apresentação das principais propostas para sociedade.

A Missão, Visão, Valores já foram pré-definidas com os conceitos dos Eixos Temáticos, do Programa Cidades Sustentáveis e o conceito dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, apontados por meio de membros representantes de cada pasta do Executivo Municipal. “A excelência da gestão se faz acima de tudo com planejamento. Desde o mandato anterior, nós imprimimos um ritmo avassalador de ações, entrega de obras, lançamentos sempre precedido de um planejamento e de uma responsabilidade fiscal. Não é à toa que a nossa gestão segundo o Ibope terminou o mandato com 86% de aprovação popular, uma das gestões mais bem avaliadas”, finalizou Pinheiro.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Van de serviços do Sine da Gente estaciona no bairro Chácara dos Pinheiros de terça (22) a sexta (25)

Avatar

Publicados

em


Gustavo Duarte

Clique para ampliar

A van do Sine Municipal de Cuiabá circula pelos bairros da Capital, levando serviços, como balcão de empregos, cadastro e formalização de Microempreendedores (MEI), captação de vagas do comércio local, carteira de trabalho digital e outros. De terça-feira (22) a sexta-feira (25), ela estaciona no bairro Chácara dos Pinheiros, na praça Francisco Xavier, Avenida Pau Brasil, com atendimento das 9h às 16h, sem pausa para o almoço. O Sine da Gente é executado pela Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico.

“Cuiabá está crescendo, cresce a cada dia com o esforço da nossa gente e a minha gestão quer desenvolver a nossa Capital por inteiro, do centro até os bairros mais afastados e para isso investimos nas pessoas, em capacitação e levamos a oportunidade até elas com a equipe do Sine da Gente”, disse o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro.

Com algumas semanas de seu lançamento já podemos ver os resultados positivos do Sine da Gente, uma ação que leva em sua raiz a base da gestão Emanuel Pinheiro, que e levar os serviços da Prefeitura para aqueles que mais necessitam e que estão distantes da região central de Cuiabá”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro.

O Sine da Gente é um programa pioneiro da gestão Emanuel Pinheiro. O bairro Novo Horizonte recebeu a visita teste que foi um sucesso, com indicações para entrevistas já nas primeiras horas de atendimento. O bairro Pedra 90 foi a segunda localidade a receber a van, que permaneceu no local do dia 10 ao dia 14 de maio, totalizando 163 atendimentos, 45 pessoas encaminhadas para entrevistas de emprego e 78 empresas locais visitadas para captação de vagas.

“Estamos transformando a oferta e demanda de empregos em Cuiabá. É o poder público, os serviços da Prefeitura de Cuiabá indo até o cidadão nos bairros, cumprindo a determinação do prefeito Emanuel Pinheiro em descentralizar as ações da gestão para incluir a todos, para que políticas públicas cheguem a todos, principalmente naqueles que mais necessitam, os que moram em bairros afastados do centro e mais vulneráveis socialmente”, disse o secretário de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Francisco Vuolo.

A ação do Sine da Gente age em duas frente, ela fomenta a geração de empregos com a captação de vagas no comércio dos bairros e ela auxilia o trabalhador a encontrar uma vaga dentro de suas habilidades. É uma determinação do prefeito Emanuel Pinheiro que a cidade se desenvolva por completo, ao mesmo tempo que leve mais qualidade de vida para a população. E o Sine da Gente vem para concretizar isso, para auxiliar no desenvolvimento do comércio de forma descentralizada e reduza o tempo de deslocamento do trabalhador ao trabalho, dando mais tempo para passar com a família”, disse o secretário de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Francisco Vuolo.

Os bairros Nova Esperança I e Industriário II também receberam a ação entres os dias 18 e 21 de maio. Lá foram atendidos 253 trabalhadores, 83 saíram com indicação para entrevistas de emprego e 52 empresas locais foram visitadas para captação de vagas. Do dia 25 ao 28 de maio, quem recebeu a van foi o Jardim Industriário e lá 226 trabalhadores foram atendidos, 45 encaminhados para entrevistas e 39 empresas receberam os agentes municiais para captação de vagas.

E nesta semana, de terça (22) a sexta (25), a van estaciona na na praça Francisco Xavier, na Avenida Pau Brasil, Chácara dos Pinheiros, com atendimento das 9h ás 16h, sem pausa para almoço.

A bordo do Sine da Gente, servidores levam até os bairros da capital os serviços de balcão de empregos, cadastro e formalização de Microempreendedores (MEI), captação de vagas no comércio local, orientação para utilização dos aplicativos e plataformas de oferta de emprego, de solicitação de carteira de trabalho que agora é digital e solicitação de seguro desemprego.

Pra Frente Cuiabá

A proposta do programa é organizar a cidade em polos e promover o desenvolvimento de forma linear e integrada, estimulando as capacidades de cada setor, se articulando também com a iniciativa privada e terceiro setor. O programa abarca cinco principais ações, que serão anunciadas respectivamente: Sine da Gente, Enem Digital 5.0, Qualifica Cuiabá, Agro da Gente e Cuiabanco.

A ação Sine da Gente é executada pela Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico e integra o Pra Frente Cuiabá, um programa multissetorial executado também pela Pasta em parceria com Núcleo da primeira-dama Márcia Pinheiro, Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência e Secretaria da Mulher.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política

Polícia

GERAL

Mais Lidas da Semana