conecte-se conosco



Acusação da Prefeitura de Várzea Grande merece apuração com rigor

Publicado

MORTE POR COVID-19

Alair Ribeiro/MidiaNews

A Prefeitura de Várzea Grande, sob o comando da prefeita Lucimar Campos (DEM), confirmou, nesta sexta-feira (29), a morte de uma moradora em decorrência da covid-19 e acusou a Central de Regulação do Estado de negar UTI para a paciente. A mesma ainda não tinha a confirmação em exame que estaria com o novo coronavírus.

Ainda em nota, o município citou que a décima vítima da covid-19 também teve negada uma UTI pela Central de Regulação pelo mesmo motivo.

A décima primeira vítima é Antônia Antunes, de 81 anos, residente no bairro Costa Verde.

Ela era diabética e deu entrada na Upa do Ipase, no dia 24 de maio, último domingo, com fraqueza, cianose, hipocorada, sonolenta, hiperglicemia, esforço respiratório, hiportermia, apática, extremidades frias.

A acusação feita pelo Paço Couto Magalhães merece uma investigação com todo rigor.

5 1 vote
Article Rating
Clique para comentar
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Política

Polícia

GERAL

Mais Lidas da Semana





0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x